Entenda como funciona e quem tem direito ao cartão-alimentação para estudantes da rede estadual

O pagamento do cartão-alimentação, que deve beneficiar, segundo a Secretaria de Educação, cerca de 240 mil alunos da rede estadual durante o período de suspensão de aulas por causa da pandemia do novo coronavírus, tem início previsto para segunda-feira (20). Para receber o valor mensal de R$ 50 é preciso estar dentro de critérios estabelecidos pelo governo de Pernambuco.

O primeiro deles é ser estudante da rede estadual. O segundo critério é ter o registro atualizado no Cadastro Único (CadÚnico). Caso contrário, independente de receber Bolsa Família, o estudante não recebe o benefício para alimentação.

“Para viabilizar a entrega dos cartões, precisamos ter a informação completa do estudante e responsável no cadastro. Sem isso, não conseguimos vincular o benefício”, explicou Severino Andrade, secretário executivo da Educação de Pernambuco.

A iniciativa recebeu um investimento de R$ 12 milhões do governo. O valor de R$ 50 só pode ser utilizado em compras de produtos alimentícios, segundo o governo estadual.

Além do cartão-alimentação, a família recebe uma carta de apresentação com todas as orientações sobre o uso do cartão, informações nutricionais, sugestões dos produtos a serem adquiridos e de produtos não permitidos, como bebidas alcoólicas e refrigerantes, por exemplo.

Quem está incluso nos dois critérios estabelecidos pode acessar o site Educação PE para consultar a garantia do benefício. “Manter o CadÚnico atualizado é importante para que as famílias façam uso desse benefício e dos próximos que virão”, disse Severino Andrade.

Em caso de problemas no acesso do benefício, a recomendação é que as famílias tentem resolver a situação sem sair de casa, mantendo o isolamento social, como recomendado durante a pandemia.

“A recomendação é que as pessoas de fato façam a consulta. Se não localizar [o direito ao benefício], entrem em contato com o 0800.296.8668”, orientou Andrade.

G1 – PE.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta