Bizarro: Vídeo de mulheres dançando em cima de túmulos em cemitério de Santa Filomena-PE estarrece população


No vídeo abaixo, não citamos nomes, ou qualquer referencia que identifique as envolvidas por não ter conhecimento de que não haja menor(es) envolvida(s). O vídeo gravado pelas próprias autoras e divulgado no WhatsApp, durante a violação de sepulturas, não deixa aparecer rostos, mas na cidade de Santa Filomena as pessoas conhecem as envolvidas e repudiam veementemente a falta de respeito aos familiares dos entes queridos sepultados no antigo Cemitério Municipal que fica bem no centro da cidade, vizinho à Igreja matriz e à Delegacia de Polícia Civil. Nas redes sociais as mulheres já ganharam o pronome de “Monstrinhas”.

O Art. 210 da CB diz que Violar ou profanar sepultura ou urna funerária, cabe pena de reclusão, de um a três anos, e multa, no caso de maiores de idade.
Se praticado por menor, é qualificado como ato infracional equiparado ao crime de violação de sepultura.

Portanto cabe à Polícia Civil identificar tal crime e punir os culpados, para evitar que esse tipo de atrocidade volte a ocorrer na pequena cidade.

Segundo informações, familiares de defuntos sepultados nos túmulos onde as infratoras dançaram “arrastando a tcheca no túmulo”, já prestaram queixa na Delegacia.

Vamos aguardar e acompanhar a elucidação do caso.

Blog Charles Araújo.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta