Vereador Alex de Jesus rompe com governo de Miguel Coelho e afirma que outros cinco vereadores devem sair do grupo

O vereador de Petrolina (PE), Alex de Jesus (Republicanos) confirmou ao Blog Edenevaldo Alves nesta sexta-feira (24), seu rompimento com o governo de Miguel Coelho. O parlamentar já vinha com relações estremecidas e assume, agora, uma posição independente na Casa Plínio Amorim.

O vereador declarou que além dele, outros cinco vereador devem migrar para a uma posição independente na Câmara. Os nomes devem ser revelados em breve.

Alex, que é relator da Comissão de Obras, Serviços Público e Negócios Municipais afirma que o rompimento acontece após sofrer pressão para assinar o Plano Diretor Participativo de Petrolina. O vereador disse que encontrou algumas pontos que precisavam de avaliação e solicitou mais tempo para se aprofundar e estudar o extenso projeto, porém, o prazo não foi concedido.

O parlamentar disse que também foi surpreendido na última segunda (20), com a demissão de 10 pessoas indicadas por ele e que ocupavam cargos comissionados na Secretaria de Saúde.

Ainda de acordo com o edil, na sessão de ontem (23), o vereador recebeu ofício com prazo de poucos dias para dar o parecer sobre a matéria, porém se opôs mais uma vez. “O que a gente queria era se aprofundar mais no plano, várias localidades que eu queria visitar (…) o próprio Ministério Público Federal recomendou para estudar mais o plano área ambiental e social (…) 15 anos para chegar na Casa para a gente ter só 15, 30 dias dias para dar um parecer”, disse.

Com informações do Blog de Edenevaldo Alves.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e pai de duas filhas lindas, Kassiane e Kauane. O foco principal do blog é informação com responsabilidade e coerência, doa a quem doer!

Você pode gostar...

Deixe um comentário