Material hospitalar é descartado indevidamente em terreno do Bairro Morada Nova. Em nota, secretaria de saúde disse que o material não pertence a nenhum PSF nem ao Hospital Municipal

Essa semana rolou nas redes sociais uma foto onde contém uma grande quantidade de material hospitalar, sendo seringas descartáveis que estavam jogadas em um terreno a céu aberto. Além das seringas descartáveis, segundo informações, no local ainda foi encontrado um kit de transfusão de sangue/soro. Em nota, a Secretaria de Saúde de Lagoa Grande disse que o material de uso hospitalar que foi descartado de forma indevida, num lote no Bairro Morada Nova em Lagoa Grande e divulgado nas redes sociais, não pertencia a nenhum PSF nem ao Hospital Municipal.

Nota:

A Prefeitura Municipal de Lagoa Grande, através da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), vem a público esclarecer que o material de uso hospitalar que foi descartado de forma indevida, num lote no Bairro Morada Nova em Lagoa Grande e divulgado nas redes sociais, não pertencia a nenhum PSF nem ao Hospital Municipal. A Administração Municipal e a Secretaria de Saúde, não compactuam com esse tipo de ação, pois existe um trabalho exclusivo para a coleta desses materiais onde o descarte é feito de forma adequada.

O objetivo da medida é evitar danos ao meio ambiente e prevenir acidentes que atinjam profissionais que trabalham diretamente nos processos de coleta seletiva do lixo hospitalar, bem como no armazenamento, transporte, tratamento e destinação desses resíduos, para evitar o perigo que esses materiais podem ocasionar, como na transmissão de doenças.

Por esse motivo, a Secretaria de Saúde comunica que todo material que precisar ser descartado, como seringas, agulhas, luvas ou máscaras descartáveis, curativos, remédios vencidos, etc., que são utilizados em casa pelos munícipes, deve ser levado até um PSF ou UBS mais próximo, para que tenha o destino correto.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta