Rachadinha’ de salários de comissionados na Câmara de Vereadores de Lagoa Grande no valor de até R$ 400 é reais é denunciado por Emanoel Xavier

Provas? Blog do Everaldo não tem. Apenas marketing pessoal do candidato Emanuel Xavier? Não temos essa informação. Mas a denúncia é grave e mexe diretamente com a estrutura da Casa Zeferino Nunes em Lagoa Grande. No vídeo espalhado pelas redes sociais, o candidato do MDB disse que possui provas da existências da famosa “rachadinha” na Câmara de Vereadores de Lagoa Grande. Isso mesmo que você leu, rachadinha, como aquelas que o Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou o senador Flavio Bolsonaro, Fabrício Queiroz e dezenas de deputados.

Segundo as palavras do próprio candidato no vídeo divulgado em várias mídias sociais, como WhatsApp e facebook, o mesmo disse: “…tem vereadores que ganha, né, seu salário, alto e ainda tem a cara de pau de pedir de volta R$ 200 e até R$ 400 do salário dos servidores, que trabalham lá dentro… Estamos aqui, para enfrentar todos e lutar contra esses corruptos.. (sic)” Disse Xavier. (Veja o vídeo completo logo abaixo.) A Câmara de vereadores de Lagoa Grande deveria convidar o mesmo para prestar esclarecimento e mostrar as provas.

No Brasil, a “rachadinha” é o desvio de salário de assessor, uma prática caracterizada pela transferência de salários de assessores para o parlamentar ou secretário a partir de um acordo pré-estabelecido ou como exigência para a função; tal prática é conhecida popularmente por esse termo termo.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta