Motoristas das ambulâncias de Lagoa Grande reivindicam correção salarial.

Na manhã desta quinta (13), motoristas da Secretaria de saúde, especificamente das ambulâncias foram a Prefeitura Municipal de Lagoa Grande reivindicar correção salarial da categoria. Segundo os servidores, o salário dos mesmos está a mais de 6 anos sem reajuste e, que o Estatuto do Servidor no artigo 38, diz que o salário deve ser reajustado anualmente de acordo com a inflamação vigente no país.

Segundo informações, O salário dos motoristas está em R$ 1.000,00, ou seja, segundo eles, está defasado e abaixo do mínimo, já que o salário mínimo hoje é de R$ 1.045,00. Os motoristas disseram que só sairão de frente da prefeitura após falar com o prefeito e, caso, não seja resolvido, a categoria ameaça cruzar os braços e paralisar as atividades por tempo indeterminado.

Compartilhar:

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta