Justiça concede liminar para compra de medicamento para bebê diagnosticada com doença rara em Lagoa Grande

A Justiça de Pernambuco concedeu uma liminar para que a União e o Governo de Pernambuco forneçam o medicamento para o tratamento da bebê Melinda Gomes de Sá, uma menina de apenas cinco anos que foi diagnosticada com Atrofia Muscular Espinhal (AME) tipo 1. A família de Melinda é do município de Lagoa Grande, no Sertão de Pernambuco. A criança está internada no Hospital Osvaldo Cruz, em Recife, capital do estado.

A liminar foi concedida após uma campanha realizada por familiares de Melinda e moradores de Lagoa Grande, com o objetivo de arrecadar dinheiro para o tratamento da bebê. A ideia era conseguir cerca de R$ 2,3 milhões para a compra das seis doses do medicamento que a bebê precisa receber antes dos sete meses de vida, para não ter sequelas da doença. De acordo com a família, já foram arrecadados cerca de R$ 70 mil.

No início desse mês, a família de Melinda afirmou que recorreu ao SUS e à Secretaria Estadual de Saúde (SES) para obter o custeio do medicamento, mas não foram atendidos. Em nota, o órgão informou que recebeu uma medida judicial e que esta foi encaminhada ao Estado e ao Ministério de Saúde, e que ambos já estão dialogando sobre a situação de Melinda e agilizando o processo de compra do medicamento.

Entenda a doença.

A Atrofia Muscular Espinhal (AME) tipo 1 é uma doença rara e degenarativa que afeta o sistema nervoso e pode fazer com que o paciente tenha dificuldades para se alimentar, e não consiga se movimentar e até respirar. A enfermidade atinge um em cada dez mil bebês.

Os familiares de Melinda criaram a campanha “A sua ajuda pode salvar a minha vida”.

Do G1 – Petrolina.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e pai de duas filhas lindas, Kassiane e Kauane. O foco principal do blog é informação com responsabilidade e coerência, doa a quem doer!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Mayrla disse:

    5 anos? É 5 meses!

Deixe uma resposta