Governo de Pernambuco decide situação de aulas presenciais do ensino básico até terça

Expira nesta terça-feira (22) o decreto estadual que suspende as aulas presenciais em Pernambuco. Os dados sobre o avanço do novo coronavírus serão novamente analisados nesta segunda-feira (21) e a comunidade escolar aguarda com expectativa o posicionamento do Governo do Estado.

Procurada pela reportagem, a Secretaria de Educação e Esportes afirmou que um novo anúncio sobre o cronograma de retomada das atividades presenciais no ensino público deve ser feito até esta terça. Ainda não há definição se as aulas seguirão suspensas ou se uma data para o retorno será divulgada.

Com as atividades suspensas desde 18 de março em razão da pandemia de Covid-19, as escolas públicas e privadas do Estado se preparam para receber novamente os alunos. Até agora, apenas a Escola Arquipélago, localizada em Fernando de Noronha, teve o retorno autorizado pelo Governo do Estado. Na unidade de ensino, as aulas presenciais retornarão nesta terça-feira para os alunos do Ensino Médio.

Pais de alunos e estudantes de escolas privadas do Recife realizaram um protesto, nesse domingo (20), para reivindicar o retorno das aulas presenciais em Pernambuco. O manifesto foi organizado por um grupo de pais que se define como

Movimento de Volta às Aulas dos Pais de Alunos das Escolas de Pernambuco. O ato aconteceu no Segundo Jardim de Boa Viagem, Zona Sul do Recife.

Protocolo sanitário

Em julho, sem anunciar datas, a Secretaria de Educação apresentou o protocolo sanitário que deveria ser seguido por todas as escolas do Estado no retorno às atividades.

As recomendações devem ser atendidas em todos os níveis educacionais – educação básica, que engloba creches, pré-escola,e ensinos fundamental e médio; educação superior, referente às graduações e especializações; e cursos livres, que são os técnicos, de idiomas, entre outros.

Entre os principais itens do protocolo estão os horários diferentes para chegada, saída e intervalo dos alunos, – assim como já adotado em Fernando de Noronha – bancas escolares posicionadas com 1,5 metro de distância, rodízio de alunos e distanciamento físico de 1,5 metro entre alunos, professores e demais funcionários.

Instituições também deverão providenciar medidas de higiene como instalações para lavagem frequente das mãos, sanitários com sabão e toalha de papel e dispensers de álcool em gel 70%. (Folha PE)

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta