Vereador eleito Domingos de Cristália pode ter diplomação suspensa

O Ministério Público acatou a ação de compra de votos envolvendo o vereador eleito Domingos de Cristália durante o período eleitoral e já foi encaminhada para o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco nesta segunda-feira (24).

A denúncia feita pelo comunitário Júlio César Monteiro dos Santos do Distrito de Izacolândia, protocolada no dia 6 de outubro, revela que Domingos de Cristália distribuiu material de construção em favor de sua candidatura, com maquinário alugado e verba municipal para beneficiar algumas pessoas da localidade, caracterizando compra de votos.

A denúncia foi apresentada na 144ª Zona Eleitoral de Petrolina, protocolada ao Ministério Público e um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia. O documento diz ainda que Domingos teria afirmado que, não estaria praticando crime eleitoral, pois “quem mandava era ele”.

o TRE-PE vai analisar a denúncia e caso seja aceita, Domingos não será diplomado deixando a vaga para o suplente Alvorlande Cruz (PSL) (Do blog do Edenevaldo Alves)

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta