Transparência: Câmara de Vereadores de Petrolina apresenta balanço do primeiro semestre de 2017

Nesta quarta-feira (28), o presidente da Câmara de Vereadores de Petrolina, no Sertão pernambucano, Osório Siqueira, apresentou um balanço das atividades que foram desenvolvidas na Casa Plínio Amorim nos primeiros seis meses do ano. Durante a reunião, que aconteceu no gabinete da presidência, os demais vereadores receberam cópias com as propostas de reformas na Lei Orgânica do Município e do Regimento da Câmara.

Durante os seis primeiros meses de 2017, os vereadores de Petrolina participaram de 36 sessões ordinárias, três sessões solenes e sete audiências públicas. Nesse período, foram votados 45 projetos oriundos do Legislativo. Desses, 39 foram aprovados. O Executivo apresentou 16 projetos e todos foram aprovados. No primeiro semestre, a tribuna da Casa Plínio Amorim foi utilizada 17 vezes. Também foram feitas 980 indicações e 295 requerimentos. “A Câmara de Vereadores de Petrolina teve um resultado positivo nesse primeiro semestre de 2017”, afirmou Osório Siqueira.

Sobre as reformas na Lei Orgânica do Município e do Regimento da Câmara, Osório Siqueira lembrou que os documentos atuais são de 2001. De acordo com o vereador, as discussões para as reformas começaram em 2014. “Muitas coisas foram mudadas, novas leis aprovadas, emendas nas leis. É preciso se adequar a tudo isso”, disse.

“Convocamos essa reunião para entregar as sugestões que foram feitas desde 2015 e para os vereadores darem novas sugestões, para que no prazo de 90 dias a gente votar a Lei Orgânica e o Regimento. A gente também vai ouvir o Poder Executivo, as entidades, a exemplo do Sindicato dos Servidores, e outras entidades que queiram dar outras sugestões”, completou Osório.

G1.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta