Taxa de iluminação pública: Vereadores vão cobrar do prefeito Dhoni uma prestação de contas dos valores arrecadados.

2 min read
Na sessão de ontem, 17, na Câmara de Vereadores de Lagoa Grande, foi aprovado por...

Na sessão de ontem, 17, na Câmara de Vereadores de Lagoa Grande, foi aprovado por unanimidade, o requerimento nº 03/2016, que cobra explicações do chefe do executivo  para a prestação de contas de todo o valor arrecadado pelo gestor público com a taxa de iluminação pública cobrada da população, desde que foi instituída em junho/julho de 2014.

Segundo o proponente, vereador Dr. D’Iolanda “De lá para cá, desde que foi criada, o chefe do executivo nunca prestou contas, nós não sabemos, a população de Lagoa Grande não sabe por exemplo: Quanto está sendo arrecadado? Onde estão sendo aplicados estes recursos? Que não são poucos, e, por quais motivos, até hoje a cidade continua com vários lugares ás escuras? O Prefeito Dhoni Amorim tem que prestar contas. Ou será que a população não merece as explicações?” acrescentou o vereador.

O requerimento, em forma de abaixo assinado, assinado por todos os vereadores, situação e oposição, traz as seguintes indagações: 01 – A prestação de contas requer desde o seu início de sua implantação; os fins que estão sendo usadas as mesmas até a presente datas. 02 – Detalhamento de contas com extrato mensal mês a mês anexadas.

Segundo Iolanda, o regimento interno dá esta prerrogativa a Câmara, e isto faz-se necessário para que a casa possa desempenhar suas funções constitucionais de fiscalização dos atos do executivo no que se refere, a arrecadação municipal.

Embora haja a preocupação dos vereadores com a prestação de contas, o referido requerimento, não deixa claro prazo para o chefe do executivo se manifestar. Segundo o vereador, o prazo regimental para a resposta é de 15 dias a contar de hoje.

Doutor-de-Iolanda

Jornal do Sertão.

Deixe uma resposta