Tal pai, tal filho: FBC pai e FBC filho e o mico dos títulos de cidadãos.

2 min read
Em julho de 2013, o então ministro da Integração e hoje senador da república, Fernando...

Em julho de 2013, o então ministro da Integração e hoje senador da república, Fernando Bezerra Coelho, passou por uma grande vexame na cidade de Afrânio, aqui no Sertão do São Francisco. Na época, a vereadora Leila Cristina Rodrigues Gomes (PSB), criou um projeto concedendo o titulo de cidadão ao senador FBC, logo após a solenidade de entrega, em uma sessão realizada três dias após, na Câmara Municipal de Afrânio, os vereadores decidiram cancelar o título de “Cidadão Afraniense” concedido ao Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho.

A celeuma do título de cidadão, foi devido a varias irregularidades apontadas por alguns vereadores. Na época, os vereadores solicitaram que fossem devolvidos aos cofres públicos os valores despendidos com a solenidade, caso não fosse, a bancada irá acionar o Ministério Público.

O mico da semana mais recente dos FBC veio essa semana de Olinda.  No mesmo dia, de forma inusitada e anárquica, a Câmara de Olinda protagonizou ontem o mico da semana: fez duas votações para garantir o título de cidadão ao ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Filho. Na primeira votação, eram necessários 12 votos a favor, mas o placar acabou em 10 a 4. Na segunda, porém, dois vereadores mudaram de posição e o placar foi de 14 votos contra um, do vereador Marcelo Soares (PCdoB). O autor da proposta, Saulo Holanda (PTC), diz que o ministro merece a homenagem por viabilizar um parque de energia renovável para Olinda e disponibilizar verbas para a restauração de monumentos históricos.

 

Comentário do blog.

O que será que rolou nos bastidores que antecedeu a segunda votação?

Deixe uma resposta