Paulo Câmara sobrevoa região afetadas pelas chuvas. Temer deve avaliar situação amanhã.

2 min read
“Fui ver de perto a situação dos 13 municípios mais atingidos pelas chuvas em Pernambuco....

“Fui ver de perto a situação dos 13 municípios mais atingidos pelas chuvas em Pernambuco. Decretei estado de calamidade em Rio Formoso, Ribeirão, Água Preta, Palmares, Catende, Maraial, Belém de Maraial, barreiros, Amaraji, Barra de Guabiraba, São Benedito do Sul, Cortês e Jaqueira.” Disse.

Até o momento, Pernambuco registra 5 mil desabrigados. O Governo do Estado já considerada essa a pior chuva desde a de 2010. Instalamos, na manhã de hoje, o gabinete de crise para o monitoramento da situação e para tomar todas as medidas necessárias. Para ter ideia da gravidade. Aquelas chuvas de 2010, que trouxe tanta destruição para as cidades da Mata Sul, em três dias corresponderam um acumulado de 180 milímetros. Essa, em dois dias, já atingiu 140 milímetros.

Centenas de bombeiros e agentes da Defesa Civil estão trabalhando nas as regiões atingidas. Caminhões com mantimentos, lonas, colchões, lençóis, alimentos e água potável também foram encaminhados para as cidades. A Compesa está monitorando a situação das barragens e equipes do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) seguem recuperando rodovias que foram atingidas. Todos os hospitais da rede estadual estão operando normalmente.

O estrago dessas chuvas só não foi maior devido à barragem de Serro Azul, que concluímos recentemente e está represando nada menos que 48 milhões de metros cúbicos d’água neste momento. Se não fosse ela, as cenas que estamos vendo hoje seriam muito piores.

Presidente Michel Temer.

O presidente da República, Michel Temer, deve desembarcar ainda neste domingo (28) em Pernambuco, para avaliar os estragos provocados pelas chuvas. A informação é do ministro das Cidades, Bruno Araújo.

“O presidente está indo para Maceió e, em seguida, segue para Pernambuco, devendo chegar à noite”, afirmou, por telefone. O ministro se encontra no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, de onde tenta embarcar para vir ao Recife, participar de reunião com o governo do estado.

Bruno Araújo afirmou que o governo federal já tomou duas medidas para tentar amenizar os prejuízos nos municípios pernambucanos. De acordo com ele, o Ministério das Cidades está realizando o levantamento de todas as obras existentes em municípios atingidos. “O presidente me autorizou a realizar a priorização dos recursos financeiros para essas obras”. Ainda segundo Araújo, o Ministério da Integração Nacional disponibilizou toda a estrutura da Defesa Civil para ações emergenciais na região.

 

 

Deixe uma resposta