Carta aberta: Sentindo-me ASSALTADO!

2 min read
Os moradores de Lagoa Grande ainda não se acostumaram com os altos valores cobrados de...

Os moradores de Lagoa Grande ainda não se acostumaram com os altos valores cobrados de taxa de iluminação publica pela prefeitura de Lagoa Grande. Aprovado por unanimidade pelo vereadores da gestão anterior e sancionada pelo prefeito Dhoni Amorim, a cobrança gera varias indagações dos moradores da cidade.

O blog recebeu uma carta aberta de um dos nossos leitores, Weldon de Souza, o mesmo reside no povoado dos Vermelhos, veja na integra.

Carta aberta, Ao senhor Prefeito de Lagoa Grande, e aos Vereadores: Iara Evangelista, Carlinhos Ramos, Mantena, Alvanir Gomes, Edneuza Lafaete, Nena Gato, Professor Vavá, Lindacy Amorim, Fernando Angelim, Josafá e Rosa de Erasmos. O que a prefeitura de Lagoa Grande está fazendo com a população há mais de 3 anos, é UM ASSALTO! Repito: é UM ASSALTO! Onde já se viu alguém pagar quase 100,00 de iluminação da rua, isso durante mais de 42 meses? Perdi a conta de quantas vezes fui na Celpe e na prefeitura reclamar com a gestão passada sobre essa taxa absurda, que tem características típicas de estelionato e extorsão.

Quem te deu essa ideia, Dhoni Amorim? Sinceramente, tirar dos mais pobres, foi no mínimo deplorável. Quero informar que podem tirar o poste que fica em frente à minha casa, porque não vai fazer falta. A gestão passada inventou essa maneira camuflada de ASSALTAR o bolso do povo e, os vereadores que deveriam defender os interesses da população compactuam desse assalto. Repito: OS VEREADORES COMPACTUAM DESSE ASSALTO!

A promessa do prefeito atual foi de REDUZIR A TAXA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA. Esqueceu da sua promessa, prefeito? Ou isso foi apenas uma manobra pra obter votos? Onde estão os vereadores que não aprovaram o projeto de redução dessa taxa? Se a justiça brasileira achar que isso é um assalto, podem ter certeza que vou ter o reembolso de cada centavo ASSALTADO PELA PREFEITURA DE LAGOA GRANDE! Repito: TIREM O POSTE QUE FICA EM FRENTE DA MINHA CASA!

Deixe uma resposta