Vereadores da oposição reprovam contas da ex-prefeita Rose Garziera e o torna inelegível por 8 anos.

Em uma decisão já esperada, a Câmara Municipal de Lagoa Grande rejeitou por 5 votos e 6 abstenções a prestação de contas da ex-prefeita Rose Garziera (PR), referentes aos exercícios de 2009 e 2010. Como já antecipado por esse blog, com esse resultado, Rose Garziera perderá os direitos políticos e ficará inelegível por 8 anos.

Os 5 vereadores da oposição se basearam em um parecer do Ministério Público de Contas, onde foram detectadas diversas irregularidades na gestão da ex-prefeita. Mesmo com maioria em sua bancada de sustentação política, o grupo ligado a ex-gestora Rose não conseguiu convencer os vereadores de que sua prestação de contas estava dentro dos ‘conformes’.

Nas eleições municipais do ano passado, o atual prefeito de Vilmar Cappellaro conseguiu eleger tendo total apoio da ex-prefeita Rose e do seu esposa Jorge Garziera. O resultado da votação deve ter sido um baque político para Vilmar.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta