Em baixa: sete meses após sua posse, prefeito de Lagoa Grande poderá perder aliadas de campanha

Em Lagoa Grande (PE), no Sertão de Pernambuco, o clima não é dos melhores na administração do prefeito Vilmar Cappellaro (PMDB). Alguns correligionários de sua base já ameaçam romper politicamente com o gestor, apenas sete meses após de ter assumido o cargo. Segundo informações de bastidores Vilmar poderá perder duas das suas principais aliadas na eleição de 2016, as duas já entregaram seus cargos, vale destacar que as mesmas tiveram uma grande participação para eleger Vilmar Cappellaro.

Os bastidores da política apontam que as duas não estão satisfeitas com forma que o prefeito Vilmar Cappellaro vem gerindo o município. Uma fonte disse ao blog que o governo está correndo atrás, tentando fazer acordos para uma delas não confirmar e abandonar o governo, a outra, segundo nossa fonte não foi cumprir mais expediente em uma das secretarias mais importante da cidade.

Vale destacar que as exonerações da duas ainda não foram publicadas no Diário Oficial dos Municípios.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e pai de duas filhas lindas, Kassiane e Kauane. O foco principal do blog é informação com responsabilidade e coerência, doa a quem doer!

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Leo disse:

    Nada que uma bom aquário repleto de peixes e só A sim esse povo se q satisfaz .

  1. 10/08/2017

    […] O blog do Everaldo publicou a semana passada que os bastidores da política apontavam que duas aliadas de peso do governo Cappellaro iriam abandonar o navio da gestão, segundo nossas fontes insatisfeitas com forma que o prefeito Vilmar Cappellaro vem gerindo o município. Veja aqui. […]

Deixe um comentário