Audiência pública contra a privatização da Chesf lotou a Câmara de Vereadores de Lagoa Grande

Na tarde de ontem (30), a câmara municipal de Lagoa Grande (PE) ficou pequena, onde resumiu-se a um encontro de lideranças políticas e da sociedade civil lagoagrandense para debater o posicionamento contra ou a favor a proposta do Ministério de Minas e Energia, em privatizar a Eletrobras, em especial a privatização da Companhia Hidroelétrica do São Francisco, Chesf.

O evento contou com a presença do prefeito Vilmar Cappellaro, secretários, do deputado estadual Lucas Ramos que é o presidente da frente parlamentar, do deputado estadual Rodrigo Novais, dos vereadores da situação e o vereador da oposição Vává e também contou com a presença do ex-vereador Erasmo Farias.

“A audiência foi bastante produtiva e saímos convicto de que não permitiremos que vendam os patrimônios do povo brasileiro.” Disse o vice prefeito Italo de Vilma.

“Participamos nesta quinta-feira, na Câmara de Vereadores de Lagoa Grande, de uma audiência pública e discutimos a privatização da Chesf. Por solicitação dos vereadores Edneuza Lafaiete, Josafá, Nena Gato, Fernando Angelim, Alvanir e Mantena, aprovada por unanimidade na casa, tivemos mais uma oportunidade de apresentar nossos argumentos contrários à venda da estatal.”  Disse Lucas , do deputado estadual Rodrigo Novais, dos vereadores da situação e o vereador

O deputado Lucas Ramos ainda disse que a Câmara de Lagoa Grande mostra seu respeito à população ao convocar o debate. O município, que tem sua história e seu desenvolvimento ligados ao Rio São Francisco, vê ameaçado o seu futuro se ocorrer a desestatização e hoje disse não à privatização!

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta