Em PE: Deputados aprovam nova Previdência estadual e elevam alíquota de servidores de 13,5% para 14%


Os deputados de Pernambuco aprovaram, nesta segunda-feira (16), a nova Previdência dos servidores públicos estaduais, em segunda votação. Em sessão realizada na Assembleia Legislativa (Alepe), no Centro do Recife, os parlamentares elevaram de 13,5% para 14% a alíquota de contribuição previdenciária.

Agora, o texto segue para a redação final e, depois, para assinatura do governador Paulo Câmara (PSB). O estado tem, atualmente, 119.969 servidores ativos, 72. 372 aposentados e 25. 479 pensionistas.

O texto aprovado também implementa o sistema complementar de Previdência, chamado de Fundo de Aposentadorias e Pensões dos Servidores de Pernambuco (Funaprev), para os profissionais que vão integrar o quadro efetivo do estado.

Na sessão desta segunda, foram registrados 28 votos favoráveis ao projeto de reforma previdenciária. Isso significa um a mais do que o resultado da primeira votação, ocorrida na quinta-feira (12).

Entre os 49 parlamentares, seis foram contrários ao projeto de reforma previdenciária, na segunda votação. Isso significa dois votos a menos do que na primeira votação de quinta. Quinze deputados não participaram da votação.

Eram necessários 25 votos, no mínimo para aprovar o texto. A votação ocorreu de forma aberta e os nomes e votos dos parlamentares apareceram no painel eletrônico da Alepe.

Durante a apreciação da matéria, houve manifestações de servidores da educação, que estavam nas galerias da Alepe. Eles levaram faixas, com a frase “Abaixo a reforma de Paulo Câmara”.

A nova alíquota previdenciária entra em vigor em 31 de julho de 2020. Essa foi uma das medidas determinadas por uma emenda apresentada pela deputada Priscila Krause (DEM) e votada na quinta-feira.

Veja a relação de deputados que participaram da segunda votação

A favor

  • Adalto Santos (PSB)
  • Aglaílson Victor (PSB)
  • Antônio Moraes (PP)
  • Clóvis Paiva (PP)
  • Delegado Lessa (PP)
  • Diogo Moraes (PSB)
  • Doriel Barros (PT)
  • Dulcicleide Amorim (PT)
  • Fabíola Cabral (PP)
  • Fabrízio Ferraz (PHS)
  • Francismar Pontes (PSB)
  • Guilherme Uchoa (PSC)
  • Henrique Queiroz Filho (PR)
  • Isaltino Nascimento (PSB)
  • João Paulo (PCdoB)
  • João Paulo Costa (Avante)
  • Joaquim Lira (PSD)
  • José Queiroz (PDT)
  • Pastor Cleiton Collins (PP)
  • Paulo Dutra (PSB)
  • Roberta Arraes (PP)
  • Rogério Leão (PR)
  • Romário Dias (PP)
  • Romero Albuquerque (PP)
  • Simone Santana (PSB)
  • Teresa Leitão (PT)
  • Tony Gel (MDB)
  • Waldemar Borges (PSB)

Contra

  • Antônio Coelho (DEM)
  • Gleide Ângelo (PSB)
  • Juntas (PSOL)
  • Manoel Ferreira (PSC)
  • Priscila Krause (DEM)
  • William Brígido (Republicanos)

Outros estados

Até sexta (13), as respectivas assembleias legislativas de sete estados aprovaram projetos que alteram as aposentadorias dos servidores locais: Acre, Alagoas, Espírito Santo, Maranhão, Paraná, Piauí e Mato Grosso do Sul.

Do G1 Petrolina.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta