Raul Henry votará contra à reforma administrativa proposta por Bolsonaro que acaba com benefícios dos servidores

(Foto de Isael Cordeiro cedida ao Blog do Everaldo)

Em reunião que durou mais de 13 horas, incluindo alguns momentos de tensão, a Comissão Especial da Reforma Administrativa, aprovou, por 28 votos contra 18, o substitutivo do relator, deputado Arthur Oliveira Maia (DEM-BA) à Proposta de Emenda à Constituição 32/20 (PEC 32). A Proposta seguirá para análise no Plenário da Câmara; para ser aprovada, são necessários dois turnos de votação.

O deputado federal Raul Henry (MDB) disse que vai votar contra a PEC. “Quanto à reforma administrativa proposta por este governo e que será levada ao plenário da Câmara, em vez de cortar privilégios, ela acrescenta outros. E cria novas distorções. Portanto, com esse conteúdo, votarei contra a PEC 32/2020″, disse o parlamentar em sua rede social. (Veja no final desta matéria uma cartilha especial sobre a proposta).

Entre tantos, a reforma administrativa acaba com os seguintes benefícios para administração pública direta e indireta, nos níveis federal, estadual e municipal:

  • férias superiores a 30 dias;
  • adicionais por tempo de serviço;
  • aumento de remuneração ou parcelas indenizatórias com efeitos retroativos;
  • licença-prêmio, licença-assiduidade ou outra licença por tempo de serviço;
  • aposentadoria compulsória como punição;
  • adicional ou indenização por substituição;
  • parcelas indenizatórias sem previsão de requisitos e critérios de cálculo definidos em lei;
  • progressão ou promoção baseadas exclusivamente em tempo de serviço.
Sindsema_Cartilha_Especial

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e pai de duas filhas lindas, Kassiane e Kauane. O foco principal do blog é informação com responsabilidade e coerência, doa a quem doer!

Você pode gostar...

Deixe um comentário