Petrolina confirma mais 13 novos casos da covid-19. Agora são 228 infectados e 89 curas clínicas

Petrolina tem mais 13 casos positivos da covid-19. As confirmações saíram após a realização de 329 testes rápidos e o recebimento de 7 exames analisados laboratorialmente. Dez pessoas positivaram por meio dos testes rápidos e as outras três através de exames analisados laboratorialmente, sendo duas pelo Laboratório Central de Pernambuco (Lacen-PE) e outra por laboratório particular.

Os pacientes dos testes rápidos são 7 mulheres com idades entre 35 e 53 anos e 3 homens com idades entre 33 e 76 anos. Já os pacientes que positivaram através de análise do Lacen-PE são 1 homem de  25 anos e uma mulher de 31 anos em isolamento domiciliar e do laboratório particular é uma mulher de 38 anos internada em hospital privado.

Com isso, Petrolina chegou a 228 infectados pela covid-19. São 164 casos confirmados através de testes rápidos feitos pela prefeitura e 64 diagnosticados através de exame laboratorial. A boa notícia é que as curas clínicas aumentaram para 89. Sete mortes foram registradas.

Hospital de campanha

O hospital de campanha da prefeitura recebeu seu primeiro paciente na noite desta terça-feira (26). Trata-se de um homem de 68 anos, que ainda é suspeito de contágio pelo novo coronavírus e aguarda o resultado de exame. Ele foi atendido na Unidade Básica de Saúde (UBS) com quadro de tosse seca associada à febre e desconforto respiratório.  O estado de saúde estável do paciente é estável, e ele segue recebendo os cuidados da equipe multidisciplinar do hospital.

SRAG

O boletim com casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) mostra que são 60 casos em investigação, enquanto 30 já foram descartados. Confirmados somam 9 casos, além de 1 óbito.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta