Paciente de Lagoa Grande morre após sofrer parada cardíaca no Dom Malan e teve material coletado para exame de H1N1 e Coronavírus.

A radialista Lara Cavalcanti, do Programa Viva Bem da Petrolina FM, recebeu a informação que na madrugada desta segunda-feira (13), uma bebê de 1 ano e 6 meses, deu entrada no Hospital Dom Malan em Petrolina, precisou ser entubada, sofreu paradas cardíacas e não resistiu. Conforme protocolo, a bebê teve material coletado para exame de H1N1 e Covid19, ficando assim como um caso de morte suspeita por essas doenças. Ainda de acordo com informações recebidas pela produção do Programa Viva Bem a bebê chegou à unidade com um inchaço geral. A paciente era de Lagoa Grande.

O blog do Everaldo Conversou com a secretária de saúde de Lagoa Grande, Samara Martins, a mesma confirmou a informação que a criança deu entrada na unidade hospitalar. Como a coleta foi feita ontem (13), até quinta-feira (15) terá o resultado para saber se há confirmação para H1N1 e Covid-19.

NOTA Secretaria de Saúde de Pernambuco: “A direção do Hospital Dom Malan informa que está notificando para Covid-19 todos os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), inclusive os óbitos, como é recomendado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Está sendo feita a coleta de material biológico de todos os casos suspeitos para que as análises laboratoriais possam ser realizadas. A direção ressalta que tem seguido todos os protocolos relacionados à assistência dos pacientes e de segurança e higienização para todos os que circulam pela unidade”.

Procuramos também a Secretaria de Saúde de Petrolina para saber se o caso da bebê entrou nas estatísticas de casos suspeitos da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), mas não tivemos retorno desta informação.

Fonte: programavivabempnz

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta