Caminhada por justiça: Pais de Beatriz, assassinada com 42 facadas em Petrolina, vão percorrer mais de 700km até Recife

O assassinato da menina Beatriz Angélica na cidade de Petrolina completa 6 anos no dia 10 de dezembro e continua impune. Mesmo depois de tanto tempo, as autoridades policiais ainda não conseguiram identificar e prender o autor do crime, o que gera revolta em familiares e amigos. Sedentos por justiça, a mãe da menina, Lucinha Mota, e o pai, Sandro Romildo, percorrerão mais de 700 km a pé de Petrolina a Recife, tentando mobilizar toda a sociedade para que o caso tenha uma solução.

“Iniciaremos nossa caminhada neste domingo (05/12) às 04h da madrugada indo em direção ao Palácio do Campo das Princesas em Recife. Essa caminhada terá uma duração de aproximadamente 25 dias. A nossa intenção é sensibilizar o Governador a aceitar a parceira com os policias americanos e também avalizar nosso pedido de federalização do caso”, disse Sandro Romildo. Veja abaixo a foto digital do suspeito do crime.

 

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e pai de duas filhas lindas, Kassiane e Kauane. O foco principal do blog é informação com responsabilidade e coerência, doa a quem doer!

Você pode gostar...

Deixe um comentário