Agentes Comunitários de Saúde e Combate as Endemias de Lagoa Grande aderiram a paralisação Nacional

Os Agentes Comunitários de Saúde e Combate as Endemias de Lagoa Grande, Sertão de Pernambuco aderem a paralisação Nacional, as duas categorias estiverem reunidas na Praça Hermes Amorim em frente a Secretaria Municipal de Saúde e na Igreja Matriz, adesão da categoria a paralisação gira entorno do reajuste do piso nacional da categoria.

O movimento aconteceu no período de 8:00h da manhã e vai até o meio dia, em frente à igreja matriz. Os profissionais que trabalham na prevenção e promoção de saúde, estão parando em prol de mais reconhecimento do Governo Federal.

Veja abaixo o detalhe da pauta:

  1. Reajuste do Piso Salarial Nacional, que está congelado desde sua sanção pela presidente Dilma Rousseff, em 17 de agosto de 2014. (http://goo.gl/t0pdl0)
  2. Revogação da portaria ministerial 958 de 10 de maio de 2016, que retira a obrigatoriedade do agente comunitário de saúde do programa saúde da família, e ainda pode substituir o agente de saúde por um técnico de enfermagem. (http://goo.gl/2hfzkE)
  3. Aprovação da Projeto de Lei 1628 que trata sobre os direitos previdenciários, insalubridade, habitação, e curso técnico para agentes comunitários de saúde e agentes de combate as endemias. (http://goo.gl/SgfGUc)

Em agosto completara dois anos que o piso foi aprovado, e nunca tivemos um reajuste. E seu valor que é de R$1014,00 foi estipulado desde fevereiro de 2014 pela Portaria Nº 314, de 28 de fevereiro de 2014 (http://goo.gl/4inxLy) Já faz mais de dois anos.

IMG-20160518-WA0021

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta