Salário-educação: Estados e municípios dispõem de R$ 1,6 bi referentes a janeiro, Lagoa Grande recebeu mais de R$ 154 mil reais.

Estados, Distrito Federal e municípios podem dispor, a partir desta segunda-feira, 20, dos recursos referentes à parcela de janeiro do salário-educação, a primeira do ano. Responsável por repassar os valores, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação, transferiu R$ 1,6 bilhão na quinta-feira, 16.

Foram destinados R$ 888,5 milhões às redes municipais e R$ 744,7 milhões às estaduais e do DF. Os repasses referentes a 2017 crescerão aproximadamente 7% em relação ao ano passado. No total, devem chegar a R$ 12,5 bilhões — em 2016, foram R$ 11,7 bilhões.

O município de Lagoa Grande recebeu R$ 56.044,00 em janeiro e R$ 98.460,46 em fevereiro, totalizando um montante no valor de R$ 154.504,46.

O salário-educação é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e o desenvolvimento do ensino. Distribuídas com base no número de matrículas na educação básica, as quota estaduais e municipais são transferidas a cada mês às secretarias de Educação. A quota federal é destinada ao FNDE, para reforçar o financiamento da educação básica e reduzir os desníveis socioeducacionais entre municípios e estados.

Os valores transferidos podem ser conferidos em Liberação de Recursos, na página do FNDE na internet.

Assessoria de Comunicação Social, com informações do FNDE

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta