Projeto social gratuito de consultas e exames oftalmológicos já realizou mais de 2 mil 600 atendimentos

2 min read
O balanço parcial da campanha “Olhar para o próximo” em Lagoa Grande, PE, aponta para...

O balanço parcial da campanha “Olhar para o próximo” em Lagoa Grande, PE, aponta para mais de 2 mil e 600 atendimentos. De acordo o coordenador social, Felipe Oliveira, este número ainda vai aumentar “Os pacientes passam por consultas e sete exames oftalmológicos: Avaliação refrativa, tonometria, retinoscopia, greens refrativo, lâmpada de fenda, oftalmoscopia e retinografia. Alguns foram diagnosticados com quadros cirúrgicos, outros apenas medicação”. Uma equipe formada por seis médicos, técnicos e auxiliares se revezam das 08h as 17h, nos postos de atendimento da Sede e nos Distritos de Jutaí e Vermelhos. É a maior campanha de saúde visual já realizada no município.

O Prefeito Vilmar Cappellaro visitou os locais de atendimento acompanhado da 1ª dama, Claudia Cappellaro, do vice-prefeito, Ítalo Ferreira (secretario da Saúde), da presidente da Câmara, vereadora Iara Evangelista, dos vereadores Mantena, Alvanir, Nena Gato, Josafá, Edneuza e do secretário da Infraestrutura, Ademar Nonato. O Prefeito relatou algumas ações do governo “Devido ao baixo nível do rio, estamos fazendo intervenções nos canais de drenagem para favorecer os produtores nos assentamentos; conseguimos 16 milhões em linha de crédito através do INCRA para produtores; com o Exército estamos com 90% do município com água de carro-pipa; estamos iniciando a iluminação com LED” disse.

O Prefeito, que também realizou consulta e exames, juntamente com a primeira Dama e o Vereador Mantena, falou também da aquisição da nova ambulância com recursos próprios; de mais uma ambulância que virá em parceria com o deputado Lucas Ramos; dos 6 milhões em emendas para pavimentação e infraestrutura e, do Projeto Social “Olhar para o Próximo” em parceria com deputado Kaio Maniçoba, secretaria da Saúde e do secretário Ademar Nonato, que pretende realizar 6000 atendimentos.

ASCOM

Deixe uma resposta