Atualizado: Greve dos professores de Pernambuco é suspensa

Em Pernambuco, os professores da rede estadual decidiram suspender a greve iniciada na quarta-feira (15), durante o ato contra a reforma da Previdência. A decisão do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco (Sintepe) foi tomada após reunião na tarde desta segunda-feira (20). Com isso, as 94 instituições estaduais de ensino do estado que estavam sem aulas voltam à normalidade a partir da terça-feira (21).

De acordo com o presidente do Sintepe, Fernando Melo, a mobilização local foi encerrada para aguardar a resposta do Governo de Pernambuco acerca das reivindicações apresentadas pela categoria. “O governo tem um prazo para responder à nossa pauta, entregue no dia 8 de março. Vamos aguardar um mês por essa resposta”, explica o sindicalista. Uma das reivindicações dos profissionais é o reajuste salarial de 7,64%.

Ainda segundo Melo, a suspensão da greve busca acompanhar a movimentação das centrais sindicais em todo o país. “A mobilização do dia 15 de março foi avaliada positivamente e, a partir dessa análise, haverá uma nova organização para discutir coletivamente se será feita uma greve geral em abril”, comenta o presidente do Sintepe.

De acordo com a Secretaria Estadual de Educação, as escolas que estavam com as aulas suspensas correspondem a 9% das 1.049 instituições de ensino de todo o estado.

 

 

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e pai de duas filhas lindas, Kassiane e Kauane. O foco principal do blog é informação com responsabilidade e coerência, doa a quem doer!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta