Prefeito eleito de Lagoa Grande-PE, Vilmar Cappellaro, participa de seminário e se encontra com diversas autoridades em Brasília-D

2 min read
O Seminário Novos Gestores que reúne centenas de prefeitos eleitos do país em Brasília, está...

O Seminário Novos Gestores que reúne centenas de prefeitos eleitos do país em Brasília, está sendo uma oportunidade para que Vilmar Cappellaro, eleito em Lagoa Grande-PE, debata as questões do município com diversas autoridades. Entre painéis temáticos estão os desafios da gestão municipal dos próximos anos e melhoria na arrecadação municipal com o víeis do Novo Pacto Federativo, que até o momento, não existe consenso no Congresso Nacional.

Vilmar Cappellaro falou sobre o conhecimento absorvido no seminário e a importância do evento para melhorar a aproximação com o governo Federal “Estamos tendo boas conversas aqui. Já me reuni com diversos ministros, senadores e deputados, que se mostraram abertos para ajudar Lagoa Grande, porém os desafios são grandes. Somos pela ideia da aprovação do novo Pacto Federativo defendido aqui pela CNM, para que uma maior parte das receitas fique nas cidades. Não queremos ficar implorando por mais recursos ao Governo Federal. Os municípios precisam ter condições de atender com dignidade as pessoas, já que é neles que a população sente diretamente a falta de atendimento nos serviços públicos. Onde os problemas ocorrem e onde a fiscalização na aplicação correta é muito mais eficaz”. defendeu Cappellaro.

Os desafios que aguardam os novos prefeitos para 2017-2020 foram abordados pelo presidente da Confederação, Paulo Ziulkoski. O líder municipalista apresentou a Realidade dos Municípios Brasileiros que serão enfrentadas, por conta do cenário econômico atual, e apontou caminhos que ajudam no desenvolvimento de uma gestão austera e eficiente. “Temos a firme convicção de defender os municípios, firme mesmo, e às vezes se radicaliza porque há um conflito. E se há um conflito ele tem de ser enfrentado, e nós temos um conflito Federativo, ou seja, o governo federal arrecada cada vez mais, centraliza aqui, cria programas e faz o Prefeito vir, de pires na mão, se humilhar aqui em Brasília, para levar um programa para o seu município que depois nem é pago”, alertou Ziulkoski.

Durante o evento, Cappellaro, se reuniu com os ministros Fernando Filho (Minas e Energia); Mendonça Filho (Educação), Bruno Araújo (Cidades) e com os deputados federais Kaio Maniçoba e Fernando Monteiro.

whatsapp-image-2016-11-11-at-11-39-27

whatsapp-image-2016-11-11-at-11-39-41 whatsapp-image-2016-11-11-at-11-40-01 whatsapp-image-2016-11-11-at-11-40-20 whatsapp-image-2016-11-11-at-11-40-33

Com informações assessoria de Vilmar Cappellaro / Fotos arquivo pessoal e CNM

Deixe uma resposta