Previdência: Cartada final de Temer, faz ministros da Saúde e Integração liberar quase 44 milhões para Petrolina.

2 min read
O presidente Michel Temer colocou nas mãos dos ministros Ricardo Barros (Saúde), Alexandre Baldy (Cidades)...

O presidente Michel Temer colocou nas mãos dos ministros Ricardo Barros (Saúde), Alexandre Baldy (Cidades) e Helder Barbalho (Integração Nacional) uma última cartada para tentar aprovar a reforma da Previdência. O presidente pediu que os três façam uma readequação nos orçamentos de suas pastas para abrir um espaço de R$ 3,6 bilhões em recursos a serem negociados com a base aliada na Câmara. Disse ter pressa e avisou que gostaria de ver as mudanças equacionadas até esta terça (12). A informação é de Mônica Bergamo, hoje na Folha de S.Paulo.

Só em Petrolina, cidade do prefeito Miguel Coelho, filho do senador Fernando Bezerra Coelho e irmão do Ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Filho (Sem Partido), ambos aliado de primeira hora do presidente Michel e Temer, o Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, anunciou um investimento de mais de 30 milhões de reais. Dias depois, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, autorizou a liberação de R$ 13,8 milhões para à saúde do município.

Segundo o blog do Magno, serão R$ 3,6 bilhões em recursos a serem negociados com a base aliada na Câmara. “Eles dizem que têm os votos, mas é mentira. Na minha bancada ele tem dois votos – e um ainda viajou. Paulinho da Força”

De fato o presidente Michel Temer e seus aliados estão fazendo todos os esforços para a aprovação da reforma da Previdência. A população brasileira só assiste sem poder fazer nada, vendo milhões de reais sendo distribuídos para os aliados do presidente aprovarem na marra algo que os brasileiros não aceitam.

 

Deixe uma resposta