Dormentes, Petrolina, Santa Filomena e Lagoa Grande se destacaram no IDEB

4 min read
As escolas públicas de Pernambuco têm o melhor ensino público. É o que aponta o...

As escolas públicas de Pernambuco têm o melhor ensino público. É o que aponta o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica no país, divulgado na ultima quinta-feira (08) pelo Ministério da Educação (MEC). O estado lidera o ranking, relativo ao ano de 2015, junto com São Paulo, ambos com nota 3,9.

No estado de Pernambuco, dos 185 municípios apenas 40 conseguiram uma nota superior 5,0. As cidades de Dormentes (6,3), Petrolina (5,6), Santa Filomena (5,2) e Lagoa Grande (5,1) foram algumas das cidades do Sertão que tiveram uma evolução, atingindo metas para 2021.

O resultado foi bastante festejado pelo ex-secretário de Educação Daniel Torres, que por três anos e meio esteve à frente da Secretaria de Educação de Lagoa Grande. Em uma nota enviada ao blog, o ex-secretário de Educação do município, Daniel Torres, comemora os avanços no sistema educacional de Lagoa Grande. Veja na integra abaixo.

O Ministério da Educação divulgou o Índice de Desenvolvimento da Educação de todos os Estados Municípios do Brasil. Com o índice 5,1 Superamos a Meta prevista para 2021 que era 4,9.

Nossas Escolas atingiram índices maravilhosos atingindo metas previstas para os próximos quatro anos a exemplo Prudente de Moraes que saiu de 3.0 em 2011 para 5.7, a Hélio Ferreira de 3.6 para 5.4, Auxiliadora de 4.1 para 4.8, a Tarcila de 4.0 para 4.7, a Arco Íris de 3,4 para 4.4.

Algo imaginável para uma rede Municipal que encontramos em 1º de janeiro de 2013, que se resumia a Salário de dezembro e 13º dos servidores sem pagar, todas as contas, inclusive do FUNDEB zeradas, descontos da previdência efetuados e não repassado, duas Creches do FNDE com mais 80% da obra concluída necessitando de mais de R$ 200 mil para finalizar, duas quadras (Auxiliadora e Arco Iris) com as obras abandonadas e os recurso utilizados como se tivesse sido concluídas, além do desvio de 1,2 milhão para pagamento dos ônibus e equipamentos do FNDE e ainda encontramos nossa rede escolar em estado inadequado para o bom funcionamento, além de todos o mecanismo de controle social (conselhos FUNDEB/EDUCAÇÂO/ALIMENTAÇÃO) desativados, sem falar EM DIVERSOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO recebendo pelo Fundeb em desvio de função o que onerava ainda mais as despesas

A partir da AUTONOMIA dada pelo prefeito Dhoni Amorim e toda administração Municipal, pudemos a partir de ali CRIAR AS CONDIÇÕES para transformar sonhos em realidade, “compromisso com o melhor” em rotina obrigatória e assim:

  • Concluímos e equipamos as duas creches do FNDE com recurso próprio;
  • Iniciamos, construímos e inauguramos duas grandes Escolas em Vermelhos e Jatobá,
  • Criamos um padrão de reconstrução exclusivo nosso, estamos instalando banheiros, refeitórios, pátios, laboratórios em escolas de todos os setores do Município;
  • Com o Programa Agua na Escola em Parceria com o Núcleo de Educadores Populares e o MDS instalamos Cisternas de 50 mil litros em 100% das Escolas do Campo;
  • Climatizamos mais 70% das salas de aulas.
  • O único espaço coberto para prática de esporte era o ginásio de esporte, de 2013 pra foram entregue mais SETE quadras cobertas, sendo 3 em Vermelhos, 3 na sede e uma em Jutaí.;
  • Erradicamos o Pau de Arara para o transporte de alunos;
  • Universalizamos o acesso ao transporte Universitário (Manhã/Tarde e Noite);
  • Entregamos kit escolar e fardamento;
  • A merenda é de qualidade, cardápio variado que inclui até Lasanha e com produtos da nossa agricultura familiar onde são investidos mais de R$ 200 mil na compra direta aos agricultores;
  • No meio da maior crise financeira o maior investimento se deu na valorização do servidor coma implantação do Plano de Cargos e Carreiras, antes dele o professor do quadro efetivo que tinha 200h/a trabalhava numa turma de manhã e outra a tarde e tinha que utilizar o fim de semana para planejamento das suas aulas, correção de provas, etc, agora 1/3 das suas 200h/ é destinada a esse planejamento feito durante a semana e com a mesma remuneração;
  • Recriamos o beneficio do Difícil Acesso para os profissionais que lecionam no interior bonificando em percentual;
  • A mudança não se ateve apenas ao professor, o servidor de apoio, merendeiras, vigilantes foram contemplados com o mesmo Plano de Carreiras e passaram a receber de acordo com sua formação e tempo de serviço no Município;
  • Erradicamos a “escolha política” e implantamos a meritocracia coma Seleção Publica de Professores após convocação de todos os concursados;
  • Ofertamos Curso pré-vestibular em parceria com IF-SERTÃO e investimos em parceria com Secretaria de Assistência Social na implantação do CETEP;
  • Reimplantamos e demos condições de funcionamento ao controle Social através dos conselhos;
  • Construímos com a Sociedade de lagoagrandense o Plano Municipal de Educação;
  • Entrega de material escolar para Educação Infantil
  • Através do Programa Escola Conectada Universalizaremos o acesso a internet em todas Escolas da Rede;
  • Implantamos o Programa Primeiro Emprego, onde através de estágio jovens universitário entram no mercado de trabalho e recebem bolsas para atuarem nas escolas da Rede Municipal.

Essa foi a parte que consideramos obrigação nossa, de quem assume a responsabilidade de gerir essa tão nobre área que é a Educação, a outra parte foi por aqueles que verdadeiramente estão onde a Educação acontece que é no chão da Sala de aula, Foram Vocês PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO, Professores, Assistentes, Gestores, todos que estão no dia-dia das nossa Escolas entenderam que o que sonhamos é com um Futuro cada vez melhor para nossa terra, para nossa Lagoa Grande que estamos construindo juntos.

Daniel Torres/Ex-secretário Municipal de Educação

Deixe uma resposta