Maio amarelo e Dia da Luta Antimanicomial movimentou Lagoa Grande

Com o objetivo de conscientizar a sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito, a Secretaria de Saúde de Lagoa Grande realizou hoje uma caminhada em vivencia a campanha ‘Maio Amarelo’. Ao mesmo celebrou o Dia da Luta Antimanicomial, que é comemorada no dia 18 de maio.

MAIO AMARELO – O evento trata-se de uma ação global iniciada pela Organização das Nações Unidas (ONU), através da Organização Mundial da Saúde (OMS), que, após o levantamento de um relatório sobre mortes, constatou que acidentes de trânsito são algumas das maiores causas de óbito nos países.

Movimento da Luta Antimanicomial – Caracteriza pela luta pelos direitos das pessoas com sofrimento mental. Dentro desta luta está o combate à ideia de que se deve isolar a pessoa com sofrimento mental em nome de pretensos tratamentos, ideia baseada apenas nos preconceitos que cercam a doença mental. O Movimento da Luta antimanicomial faz lembrar que como todo cidadão estas pessoas têm o direito fundamental à liberdade, o direito a viver em sociedade, além do direto a receber cuidado e tratamento sem que para isto tenham que abrir mão de seu lugar de cidadãos.

Organizado pela Secretaria de Saúde, a caminhada contou com a presença da Polícia Rodoviária Federal, PM, Ascomp, mototáxistas, escolas, vereadores, enfermeiros dos PSfs e a toda sociedade civil.

“Quero parabenizar toda a equipe de saúde do nosso município pela mobilização da caminhada que fizemos hoje pela manhã na avenida da nossa cidade em luta da campanha do maio amarelo e a campanha antimanicomial e  agradecer a presença de todos os órgãos envolvidos” Disse o secretário de Saúde Ítalo de Vilma.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta