Famílias do Movimento Sem Terra ocupam sede do Incra em Petrolina

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam no início da tarde desta quinta-feira (20) a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Cerca de 60 famílias vindas dos municípios de Cabrobó, Araripina e Belém do São Francisco participam da mobilização. Entre as reivindicações estão: a negociação de áreas ocupadas pelo movimento na região, liberação de cestas básicas, créditos e documentos das propriedades.

Representantes do Incra se reuniram com o MST às 15h e a reunião encerrou às 18h. Segundo um dos integrantes da direção estadual do MST, Antônio Moíses José dos Santos, a reunião foi produtiva. “A gente sentou com o superintende e a as nossas pautas foram atendidas. Eles se comprometeram em realizar a vistoria em algumas fazendas a partir de agosto, também fazer um recadastramento das famílias para receberem a cesta básica. E ainda nos dar linhas de crédito. E os assentamentos que tenham infraestrutura vão ser titulados, e cada assentado vira dono da propriedade”, relatou.

De acordo com o superintendente regional do Incra, Bruno Medrado, foi discutida a liberação de crédito, a criação de novos assentamentos e obras de infraestrutura. Segundo o gestor, as pautas já estão sendo atendidas pelo órgão.

Após a reunião, às 18h, as famílias do MST iniciaram a desocupação da sede do instituto.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e pai de duas filhas lindas, Kassiane e Kauane. O foco principal do blog é informação com responsabilidade e coerência, doa a quem doer!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta