Exclusivo: Com 6 abstenções e 5 votos contra, contas da ex-prefeita Rose Garziera acaba de ser reprovadas.

Se o Tribunal de Contas faz um parecer recomendando que as contas de um político sejam reprovadas, a Câmara de Vereadores não devia ignorar e votar pela aprovação. Foi com este entendimento que cinco parlamentares da Câmara de Vereadores de Lagoa Grande seguiram.

As contas dos exercícios 2009 e 2010 da ex-prefeita de Lagoa Grande acabam de serem reprovadas, os 6 vereadores da situação escolheram se abster e não votaram. A rejeição das contas foi seguindo uma recomendação do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO) que é um órgão do Tribunal de Contas, para serem reprovadas pela câmara de vereadores.

As contas de Rose Garziera já eram dadas como reprovadas, mesmo com inúmeras manobras política do grupo da situação, o resultado não foi alterado. O poder de decidir o rumo da ex-prefeita estava nas mãos dos vereadores da oposição, mas os mesmos não mudaram seus votos e seguiram a recomendação do tribunal.

Os vereadores: Josafá, Nena Gato, Mantena, Fernando Angelim, Edneuza e Alvanir abstiveram e não votaram. Já os vereadores: Lindaci, Vavá, Carlinhos, Rosa e Iara votaram seguindo a recomendando do TCE -PE.

Em Política, abstenção é o ato de se negar ou se eximir de fazer uma opção política.

 

 

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta