Cadastramento do Chapéu de Palha começa segunda-feira (20) em Lagoa Grande e outras cidades do Sertão.


O cadastramento do Chapéu de Palha começa nesta segunda-feira (20) em sete municípios do Sertão pernambucano. O benefício é destinado a todos os trabalhadores (as) da fruticultura irrigada e pescadores (as) artesanais dos municípios de Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Cabrobó, Orocó, Belém do São Francisco e Petrolândia.

A expectativa é cadastrar em torno de 8.500 trabalhadores da região do São Francisco. “Esse programa é para os trabalhadores (as) e pescadores (as) que estão na entresafra da produção. Os produtos tem oito meses de duração e quatro meses os trabalhadores ficam sem dinheiro. Os pescadores por conta do período de inverno, chuvoso, eles não podem pescar, a reprodução, então eles acabam ficando sem o sem salário. Com isso, o estado entra com a bolsa do chapéu de palha”, explicou a coordenadora do programa Chapéu de Palha, Maria Oliveira.

Segundo a coordenadora, este ano não serão aceitas pendências de documentos no ato do cadastramento. “O cadastro será feito em torno de 2 minutos. O trabalhador tem que levar os originais e as cópias desses originais, de toda a lista documental”, destacou.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta