Novo partido de Bolsonaro, PL tem passado governista e já fez vice de Lula

Dois anos depois de deixar o PSL, que o elegeu em 2018, o presidente Jair Bolsonaro marcou para hoje o que chama de “casamento” com o Partido Liberal (PL), pelo qual deverá concorrer à reeleição no ano que vem. O mandatário, que fracassou ao tentar fundar uma legenda própria, acertou sua filiação a uma sigla sem qualquer vínculo prévio com sua base eleitoral.

Fundado em 1985 por um ex-integrante da Arena, o partido de sustentação da ditadura militar, o PL se uniu a governos que hoje são alvos preferenciais da direita. Em 2002, enquanto Bolsonaro era um deputado isolado do baixo clero, o partido compôs chapa com o PT e emplacou o vice do então recém-eleito Luiz Inácio Lula da Silva, por meio de um acordo que arrastaria a sigla para o mensalão.

Hoje, quase duas décadas depois, Bolsonaro entrará para o PL ao final de uma negociação com Valdemar Costa Neto, que comanda a legenda desde a década de 1990. Costa Neto, condenado no escândalo petista, controla atualmente a terceira maior bancada da Câmara, com 43 deputados. A expectativa é ver o número saltar em 2022, graças à chegada dos parlamentares que deixarão o PSL para seguir Bolsonaro. O grupo atual de congressistas do PL, que também inclui quatro senadores, é tão heterogêneo quanto as alianças já feitas pelo partido. Há nomes como Capitão Augusto (SP) e a Policial Katia Sastre (SP), membros da bancada da bala, Tiririca (SP), integrante da sigla que mais contrariou o em votações, e Marcelo Ramos (AM), vice-presidente da Câmara, que já enfrentou Bolsonaro abertamente.

Fonte uol.

 

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e pai de duas filhas lindas, Kassiane e Kauane. O foco principal do blog é informação com responsabilidade e coerência, doa a quem doer!

Você pode gostar...

Deixe um comentário