Insatisfação de aliados pode provocar racha no grupo do prefeito Vilmar Cappellaro.

Nem ao menos completou dois anos de administração do prefeito Vilmar Cappellaro (MDB) em Lagoa Grande, e o que mais se fala nos bastidores da politica local é num possível racha que pode acontecer a qualquer momento. Segundo se comenta, a insatisfação de um grupo de vereadores, secretários e outros colaboradores dentro do governo é grande, a situação já saiu do controle do prefeito Vilmar Cappellaro, ou seja, é uma questão de tempo para o grupo declarar guerra ao prefeito.

O blog Lagoa Grande noticias já deu uma deixa do racha, o mesmo publicou hoje (10), que o Vereador Alvanir Gomes enalteceu o secretário de saúde Ítalo de Vilma, e escanteou o prefeito Vilmar Cappellaro, isso no seu discurso. Segundo o blog, o parlamentar não citou o nome do prefeito. Isso prova que algo errado está acontecendo dentro do grupo, o vereador que em todos os seus discursos dizia em alto e bom som que o prefeito Vilmar era bom e espetacular, agora não cita seu nome, muito estranho!

Segundo o que se comenta nos bastidores da politica, e o assunto número um nas ruas de Lagoa Grande, além do Vereador Alvanir Gomes, o vice-prefeito Ítalo de Vilma e os vereadores Fernando Angelim e Nena Gato devem se unir para cravar essa grandiosa derrota ao grupo de Vilmar Cappellaro.

Por conta dessa insatisfação e racha, a briga pela presidência da Câmara de Vereadores deve ficar acirrada. Uma coisa é certa, caso o vereador Alvanir Gomes seja um dos postulantes a cadeira, o mesmo terá dificuldades grandiosíssimas, comparando a eleição de 2016, onde no acréscimo do segundo tempo, o mesmo foi derrotado pela Vereadora Iara Evangelista.

Com esse racha, o povo quer saber: Os demais vereadores vão seguir o grupo ou vão continuar ao lado prefeito? E a vereadora Edneuza Lafaiete, aliada fiel ao prefeito Vilmar Cappellaro, vai permanecer ao lado do gestor até o final do mandato?

Comentário do blog.

O carnaval do prefeito Vilmar Cappellaro começou devastador. Caso o racha se confirme, o prefeito terá grandes dificuldades na sua gestão em 2018 e nos dois anos finais do seu mandato. Vilmar terá que planejar uma saída de mestre e contornar toda essa situação urgentemente, o gestor municipal deve está sentido na pela a diferença de gerenciar uma empresa pública de uma privada. O prefeito deverá fazer mudança na sua base no legislativo e executivo, com isso, uma enxurrada de demissões devem vir por aí.

Foto no texto: Blog Lagoa Grande Noticias

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e pai de duas filhas lindas, Kassiane e Kauane. O foco principal do blog é informação com responsabilidade e coerência, doa a quem doer!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta