Encabeçada por FBC, oposição realiza “Pernambuco quer mudar” para consolidar aliança em 2018 em Petrolina

3 min read
As principais lideranças da oposição devem marcar presença ao evento do projeto do grupo para...

As principais lideranças da oposição devem marcar presença ao evento do projeto do grupo para as eleições de 2018, intitulado Pernambuco quer Mudar, no espaço de eventos Coliseu Hall (antigo Manga Rosa), na Avenida Mons. Ângelo Sampaio, em Petrolina. A expectativa é que os integrantes do grupo antagonista estarão em peso no evento. Um dos líderes do ato o Senador Fernando Bezerra Coelho (DEM), esteve na manhã desta sexta-feira (26), no programa Nossa Voz e reforçou que o evento contará com a presença do Senador Armando Monteiro Neto (PTB),o ministro Mendonça Filho (DEM), o deputado federal Bruno Araújo (PSDB) e os ex-governadores João Lyra Neto (PSDB) e Joaquim Francisco (PSDB).

A bancada da oposição na Assembleia Legislativa também é esperada no evento junto com prefeitos aliados dos líderes.

Petrolina será a segunda cidade a receber o grande ato político, e FBC disse que no primeiro evento quando foi lançada a frente política de oposição Pernambuco quer mudar, onde ela se deu no mês de Dezembro, em Recife já foi um evento que contou com as principais lideranças. “Nessa primeira reunião no sertão, do ponto de vista de organizar o movimento ficou definido que faríamos três grandes reuniões regionais, uma no sertão, uma no agreste, uma muito provavelmente na zona da mata e encerrando quando formos anunciar a definição do candidato a governador e da chapa majoritária, que será composta e deverá ocorrer entre o final de março e início de abril em um novo encontro no Recife. A partir da chapa definida, faremos os encontros em todas as regiões do estado, nós temos doze regiões politica administrativas em Pernambuco”.

O senador garantiu que esse movimento político quer oferecer uma alternativa a Pernambuco, para que possa de fato ouvir as sugestões, críticas e opiniões de todas as regiões do estado, procurando colher todas as informações da sociedade civil organizada, de trabalhadores, empresários e servidores públicos.

Já estão confirmadas presenças de mais de cem lideranças entre prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de cidades do sertão. É estimado um público de 3.500 pessoas, no antigo Manga Rosa. Fernando disse ainda que tudo isso traduz o sentimento de mudança que começa a crescer no estado de PE.

As sugestões recolhidas servirão de base para que o movimento possa apresentar à sociedade, alternativas à atual gestão, contemplando ações que reestruturem a economia, a segurança pública, a saúde, infraestrutura, entre outras áreas, garantindo ao poder público a capacidade de transformar a vida das pessoas.

Fazendo críticas duras a gestão do atual governador Paulo Câmara, FBC  o chamou de governo lento, que frustrou os pernambucanos, e por isso o seu grupo está animado com a perspectiva de construir um programa de governo, uma proposta que possa inserir uma alternativa melhor para todos.

Recentemente a justiça rejeitou o pedido de reconsideração apresentada pelo Diretório Estadual do MDB sobre a decisão de autorizar a intervenção nacional do partido em Pernambuco. Questionado sobre qual seria a situação do partido hoje, após o resultado dessas decisões, FBC respondeu estar animado, pois no ponto de vista político a questão já estaria resolvida.

“A Executiva Nacional já se manifestou a favor da mudança da direção do Diretório Estadual, e mais do que isso, na Convenção Nacional do novo MDB em 17 de Dezembro houve a manifestação no sentido de se avançar na mudança do Diretório Estadual, então politicamente a questão já está bem encaminhada, com amplo apoio dos que dirigem o PMDB, dos que fazem o MDB e ocorre que os que estão a frente do Diretório aqui não aceitaram e levaram a questão para a justiça. Esse impasse na justiça eu estou muito confiante que será resolvido até o final de fevereiro.

Informações grande rio FM

Deixe uma resposta