Em época de crise, câmara de vereadores de Lagoa Grande gastou quase R$ 161 mil reais em congressos e combustível.

O portal Tome Contas, do Tribunal de Contas de Pernambuco, fez mais uma atualização, e desta vez registrou que os vereadores de Lagoa Grande já gastaram R$ 90.600.00 (noventa mil e seiscentos reais) só em diárias e R$ 17.400,00 (dezessete mil e quatrocentos reais) com inscrições, para participarem do 19º e 22º Congressos, ambos na cidade João Pessoa na Paraíba e para o Congresso de Vereadores em Gravatá, realizado pela UVP.

Além dos gastos com diárias e inscrições em congressos, a casa também desembolsou quase R$ 53 mil reais com pagamento de combustível, o famoso PQR (pagamento por quilômetro rodado). Com isso, o montante gasto para participar dos três congressos e os pagamentos do PQR a casa já gastou quase R$ 161.000,00 (cento e sessenta um mil reais). Os congressos em João Pessoa fora realizado no meses de janeiro e maio, e duraram 4 dias cada. Já o Congresso de Vereadores em Gravatá, foi realizado entre os dias 28 a 31 de março.

Veja a lista dos campeões em diárias.

Como 6, dos 11 vereadores já participaram de 3 congressos em 6 meses, os demais devem participar de mais um congresso no 2º semestre de 2019. Os vereadores Carlinhos Ramos, Rosa de Erasmo, Edneuza Lafaiete, Professor Vavá, Nena Gato e Lindaci Amorim foram os escolhidos no 1º semestre de 2019. Josafá Pereira, Mantena, Iara Evangelista, Fernando Angelim e Alvanir Gomes devem receber algum congresso no 2º período do legislativo em 2019.

Sobre as verbas PQR, (pagamento por quilômetro rodado), veja os valores que cada um dos 11 vereadores de Lagoa Grande receberam nos primeiros meses do ano de 2019.

  • Josafá Pereira: R$ 16.697,60
  • Iara Evangelista: R$ 5.100,55
  • Nena Gato: R$ 4.906,00
  • Professor Vavá: R$ 4.513,00
  • Edneuza Lafaiete: R$ 2.894,40
  • Rosa de Erasmo: R$ 2.861,40
  • Lindaci Amorim: R$ 2858,80
  • Mantena: R$ 2.834,90
  • Carlinhos Ramos: R$ 2.830,80
  • Fernando Angelim: R$ 2.813,00
  • Alvanir Gomes: R$ 2.814,60

Isso não significa que haja irregularidades em um parlamentar receber diárias ou verbas de combustíveis, apenas que as despesas crescem exponencialmente com o passar dos meses. Mas cabe aos edis um bom senso, em um país onde a crise está assolando boa parte da população é inadmissível que os vereadores recebam uma média de R$ 2.000,00 (dois mil quinhentos reais) por mês, só de diárias para participarem de congressos e combustíveis.

 

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e pai de duas filhas lindas, Kassiane e Kauane. O foco principal do blog é informação com responsabilidade e coerência, doa a quem doer!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta