André Mendonça deverá participar de julgamentos como bloqueio de perfis de apoiadores de Bolsonaro nas redes sociais e prisão

Indicado para o STF pelo presidente Jair Bolsonaro em julho deste ano, André Mendonça, novo ministro do STF, sabatinado e aprovado pelo Senado ontem vai herdar mais de 900 processos que estavam sob relatoria do ministro Marco Aurélio Mello, que se aposentou em julho.

No Supremo, Mendonça deverá participar de julgamentos considerados polêmicos, que abordarão temas como bloqueio de perfis de apoiadores do governo nas redes sociais e prisão após condenação em segunda instância. A posse de André Mendonça como novo ministro do tribunal acontecerá no próximo dia 16. O anúncio foi feito após Mendonça ter se reunido na sede do STF com o presidente da Corte, ministro Luiz Fux.

Fonte: Magno Martins.

 

 

 

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e pai de duas filhas lindas, Kassiane e Kauane. O foco principal do blog é informação com responsabilidade e coerência, doa a quem doer!

Você pode gostar...

Deixe um comentário