2024 é bem ali: a corrida pela sucessão de Vilmar Cappellaro

A gestão do prefeito Vilmar Cappellaro (MDB) só vai acabar no dia 31 de dezembro de 2024, entretanto, mesmo Vilmar não podendo disputar a segunda reeleição, o fato não despertou nenhuma animação por parte da oposição que segue calada e acanhada, sem mostrar serviços. Como disse o blogueiro Fábio Cardoso, “o prefeito corre solto, igual a ‘onça’ na selva”.

Para o blogueiro, faltando menos de dois anos para as eleições municipais, ninguém até o momento teve a coragem de se colocar como opositor ao gestor, e caso surja algum nome, provavelmente somente em 2024, e poderá ser mais um fracasso, como foi em 2020.

O comunicador FC também disse:  ‘sem precisar de Papa, Cappellaro ganhou a santidade pelos moradores da cidade como o gestor exemplar, e para tentar quebrar isso, requer tempo, e o tempo é o grande inimigo da oposição, que continua vaidosa e desacreditada pela população’. Na verdade, o status de gestor exemplar se deve a seriedade que o prefeito e seu time conduz as ações na cidade, por isso, o governo do prefeito Vilmar Cappellaro é bem avaliado e aprovado por mais de 90% da população lagoagrandense.

Como se diz por aí, o próximo prefeito terá uma gestão ‘mão de ferro’ para cuidadosamente gerir as finanças da prefeitura, sem receber os agiotas na porta, assim como o prefeito Vilmar Cappellaro está fazendo? Uma coisa é certa, os oito anos, dos dois mandatos de Vilmar, trazem consigo um peso enorme para o próximo gestor.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e pai de duas filhas lindas, Kassiane e Kauane. O foco principal do blog é informação com responsabilidade e coerência, doa a quem doer!

Você pode gostar...

Deixe um comentário