Professores da rede privada decretam estado de greve em Pernambuco

Os professores da Rede Privada de Ensino de Pernambuco se reuniram em uma assembleia, nesta quinta-feira, e decretaram estado de greve. A categoria, que volta a se reunir na próxima quarta-feira, afirma que o sindicato patronal recusou todos os pontos da pauta reivindicatória e ameaça paralisar as atividades.

“Diante da negativa do Sindicato Patronal a todos os pontos da pauta reivindicatória da categoria e a sugestão de retirada de direitos da atual Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), os profissionais da educação decidiram por unanimidade, dar o alerta aos donos de escolas que a partir de agora a categoria pode decretar greve por tempo indeterminado”, diz a nota enviada à imprensa.

O sindicato denuncia uma “exploração excessiva” do trabalho docente e classifica como “péssima” a remuneração da categoria.

A assembleia desta quarta-feira acontecerá na Avenida Rui Barbosa, no Recife, às 7h, em frente à Estação de Ponte d’Uchoa. (DP)

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta