Privatização da Eletrobras: PSB vai mandar um recado para ministro Fernando Coelho Filho (PSB)

O PSB, partido do ministro Fernando Coelho Filho (Minas e Energia), emitirá, na próxima semana, nota contrária à privatização da Eletrobras, medida proposta pelo ministério.

Segundo o presidente nacional da legenda, Carlos Siqueira, as bancadas do PSB na Câmara e no Senado cobraram posicionamento da legenda.

“Historicamente, o PSB é contra a privatização da Eletrobras. Fernando Henrique propôs, e Miguel Arraes se opôs”, afirmou.

Lembrado que a Pasta é ocupada por um deputado do PSB, Siqueira retrucou:

“Ele não representa o partido, inclusive responde a processo ético dentro da legenda por contrariar decisão partidária de permanecer lá”.

Blog do Magno.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Manoel Messias disse:

    Esse transação, nem poderia ser chamada de privatização, e sim desestatização, pois o governo que detém 51% das ações da Eletrobras,( ou seja 49% já são privados) irá vender apenas 4%, passando assim o controle da empresa para a iniciativa privada. Porém manterar participação nos lucros. Ou seja vamos nos livrar de pagar os prejuízos causados pela ingerência desse estatal.

Deixe uma resposta