Ítalo de Vilma se despede da presidência da Câmara, faz balanço de sua gestão e fala de seu maior desafio, atuar como vice-prefeito

4 min read
Seu nome já está cravado nos anais da história da cidade. Ele é o mais...

Seu nome já está cravado nos anais da história da cidade. Ele é o mais jovem vereador, presidente de Câmara e vice-prefeito da cidade. Tendo sido eleito aos 22 anos, com 649 votos, com 24 participou de uma eleição interna disputadíssima onde se sagrou eleito o mais novo presidente da história da Câmara e, nas últimas eleições foi eleito vice-prefeito. De origem humilde, de pouca fala, de comportamento sereno, mas com uma especialidade que poucos políticos da nova safra tem, a de bom observador, bom ouvinte e com grande capacidade de articulação. Estas são algumas das características de Ítalo Ferreira, popularmente conhecido como Ítalo de Vilma, sobrenome herdado de sua mãe, que também já exerceu mandato parlamentar. Neste dia 13/12, Ítalo presidiu pela última vez a sessão, para ser diplomado pela Justiça Eleitoral amanhã, 16, para assumir em 01 de janeiro como vice-prefeito.

Ele começou a se envolver em política ainda muito jovem, sendo levado pelos seus pais, Severino e Vilma, para as campanhas eleitorais nos comícios e, dessas caminhadas foi tomando gosto até que sua popularidade e carisma foram crescendo e num belo dia, numa roda de conversas com amigos, seu nome foi sugerido como vereador e defendido pela maioria, já quase no momento final da campanha. “No começo, ainda não acreditava que seria possível a minha eleição, mas a coisa foi tomando uma proporção tão grande que hoje, com o passar dos anos, eu só tenho a agradecer por aqueles meus amigos que me incentivaram para termos podido chegar aonde chegamos como vice-prefeito. Sinto-me honrado para representar toda esta juventude e toda a população na terra onde nasci, me criei e que muito ainda quero fazer” acrescenta ítalo.  

Ítalo de Vilma, junto aos colegas de oposição e situação, conseguiram aprovar 125 projetos vindos do executivo e apenas 02 ficarão em tramitação aguardando pareceres das Comissões Legislativas para serem levados para discussão e aprovação em plenário. “Meu maior orgulho no mandato, foi ter presidido a Câmara e ter feito uma excelente administração. Mesmo com uma Câmara, sendo maioria de oposição ao governo atual, todos os nossos posicionamentos sempre foram propositivos. Nunca deixamos de aprovar um projeto se quer, por picuinhas ou politicagem. Os 2 que ficaram em tramitação estão em análise, devido a erros de estruturação, de cálculos e por questões que se esbarram em amparos legais. Estamos saindo da presidência com saldo muito positivo, sem nenhuma pendência junto aos bancos, funcionários, fornecedores. Nenhum débito de ordem previdenciária ou de manutenção da Câmara. Deixo tudo em dia com toda a folha paga para o novo presidente assumir sossegado” resumiu o novo vice-prefeito.      

 Vereador, presidente e vice-prefeito combinam com gratidão

 “Sinto-me uma pessoa muito abençoada por Deus. Momentos difíceis enfrentei várias vezes, mas nunca pensei em desistir. Representamos uma parcela grande da população e os problemas nunca me abateram. Minha palavra agora é de gratidão á Deus, aos meus pais, aos colegas Vereadores, a Vilmar Cappellaro por ter visto em mim qualidades, por me escolher para ajudá-lo a governar os destinos de nossa cidade e a toda população que nos elegeu, fica aqui registrada a minha gratidão”.

 Ítalo também falou da parceria com Vilmar Cappellaro

 Toda a população já está podendo perceber os resultados das eleições. Todo o povo, os servidores municipais, a classe empresarial aspiram novos ares para a política da cidade. Uma onda de otimismo e boas expectativas estão por toda parte para a diplomação amanhã na Câmara de Vereadores, ás 10h da manhã e para a posse no dia 01 de janeiro. “Vilmar Cappellaro, é para mim um grande professor, um ser humano fantástico, de uma família linda e unida. Ás vezes, ele é um pouco incompreendido, por alguns, porque não tem vaidade pelo poder e é muito sério em sua postura e quer desenvolver uma gestão de trabalho sério. É homem de uma só palavra, não promete o que não pode cumprir e, tem pessoas que não gostam de ouvir a verdade. A população de Lagoa Grande está tendo uma grande oportunidade de escrever uma nova história. Não somos Prefeito e vice-prefeito, representantes de famílias ou de grupos de empreiteiras, somos escolhidos e eleitos para trabalhar pela cidade. Estamos muito otimistas e com muita disposição para o trabalho, “precisamos arrumar a casa”. Prova disso, é que desde a eleição estamos na estrada visitando ministérios, senadores, deputados, governo do Estado e temos pedido muito pela cidade” concluiu o mais novo vice-prefeito da história de Lagoa Grande.    (Assessoria de imprensa )

Deixe uma resposta