Governo volta a reconhecer situação de emergência em Lagoa Grande e outros municípios sertanejos

1 min read
Como este Blog vem mostrando, moradores de vários municípios do Sertão pernambucano estão sofrendo por causa da...

Como este Blog vem mostrando, moradores de vários municípios do Sertão pernambucano estão sofrendo por causa da seca. Ontem (16), a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil reconheceu situação de emergência em 56 cidades do Estado, sendo a maioria do Sertão.

Os municípios que passam a integrar a lista são: Afogados da Ingazeira, Afrânio, Araripina, Arcoverde, Belém do São Francisco, Betânia, Bodocó, Brejinho, Cabrobó, Calumbi, Carnaíba, Carnaubeira da Penha, Cedro, Custódia, Dormentes, Exu, Flores, Floresta, Granito, Ibimirim, Iguaraci, Inajá, Ingazeira, Ipubi, Itacuruba, Itapetim, Jatobá, Lagoa Grande, Manari, Mirandiba, Moreilândia, Orocó, Ouricuri, Parnamirim, Petrolândia, Petrolina, Quixaba, Salgueiro, Santa Cruz, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, Santa Terezinha, São José do Belmonte, São José do Egito, Serra Talhada, Serrita, Sertânia, Solidão, Tabira, Tacaratu, Terra Nova, Trindade, Triunfo, Tuparetama e Verdejante.

Com o reconhecimento, os prefeitos  poderão solicitar apoio do governo federal para ações de socorro e assistência à população. Com a portaria publicada no Diário Oficial da União de ontem, a lista de reconhecimentos federais no estado chega a 127 cidades. (Carlos Britto)

Deixe uma resposta