Na escuridão! Moradores do Açude Saco II sofrem com a falta de iluminação pública.

Embora o município de Lagoa Grande arrecade mensalmente volumosas quantias com a taxa de iluminação pública, cobrada diretamente na conta de energia elétrica de cada residência, a comunidade de Açude Saco II não está tendo o retorno adequado.

Conforme uma publicação no facebook e no Whatsapp do senhor Antônio Coelho Alencar, o mesmo postou fotos do povoado às escuras e disse: “Olha ai a situação do povoado de Açude Saco II, cadê o recurso da iluminação pública, que o povo paga mensalmente. O povo de Açude Saco quer providencias… prefeito olhe pra o povoado de Açude Saco.”

Vale destacar que a maior insatisfação da população, é que a conta de luz chega em dias todo mês, e com a taxa de iluminação pública, valor absurdamente cobrado, mas, muitas ruas continuam sem o serviço que é de obrigação da prefeitura municipal prestada ao cidadão.

A prefeitura do município de Lagoa Grande, tem por obrigação prestar os serviços de iluminação pública à população, afinal a mesma agora é responsável por tal atribuição. Coisa que não vem acontecendo no Açude Saco.

13726774_854771071319457_4473203205947492748_n

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta