O efeito de ganhar e perder

Ex-vereador, ex-candidato a deputado estadual não eleito, ex-prefeito, ex-prefeito derrotado e, atual secretário de Planejamento da gestão do prefeito Dhoni Amorim (PSB), este é um pouco do perfil político de Robson Amorim que corre contra o tempo para salvar o mandato do seu filho, o prefeito Dhoni Amorim (PSB), que está na tentativa da reeleição, mas que vem ao longo do mandato desgastado e que não conseguiu sequer unir aliados de décadas.

Robson para muitos é um grande líder do PSB local, entretanto, alguns analistas políticos de plantão afirmam que seu currículo não faz mais efeito, por outro lado, outros defendem. O fato é que o grupo Amorim (pai e filho) serão testado mais uma vez nas urnas. Se conseguir eleger o filho se fortalece, caso contrario, saem de cena como um dos atores principais na política lagoagrandense e dará espaço para o atual candidato a vice de Dhoni, o ex-secretário de educação Daniel Torres que já é considerado o nome da oposição em 2020.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta