De aliado a acusador: FBC eleva o tom contra Paulo Câmara

2 min read
O senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB), é um ser que merece ser estudado  profundamente. Até...

O senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB), é um ser que merece ser estudado  profundamente. Até pouco tempo atrás, para quem não lembra, o cacique do Clâ da família dos Coelhos, foi um dos principais defensores do governo de Pernambuco.  Agora, que quer o lugar de Câmara, Fernando se traveste de algoz  e usa seu machado para cortar  sem dó e sem piedade, qualquer um que atravessar seu caminho rumo ao Palácio dos Campo das Princesas.

Rememore

Resultado de imagem para Fernando bezerra e paulo Camara

No dia 9 de abril deste ano , Fernando, disse na cidade  de Garanhuns a seguinte frase: “Vivemos um momento de grave crise e radicalização política e devo dizer que Paulo é o governador certo para este momento. Ele é sereno, sabe ouvir as pessoas e vem conduzindo o Estado com grande responsabilidade e zelo.

O senador foi mais longe naquele dia e continuou :  “Para a minha alegria, que sou do semiárido, como é no Agreste, mais de R$ 800 milhões foram aplicados em água, em obras hídricas. Sem água não tem vida, não tem emprego e nem perspectiva de futuro”,concluiu.

Só que agora, o senador, se tornou o homem  das oposições em Pernambuco.  Passados 7 meses daquela declaração, Fernando se transformou no principal crítico e principal adversário de Paulo Câmara no Estado. O governador para Fernando,  se tornou uma pessoa lenta, sem voz ativa e sem firmeza.

Em entrevista aos jornalistas Sérgio Montenegro Filho e Aldo Vilela, da Rádio CBN, nesta segunda-feira (4), o senador disse que o principal debate nas eleições 2018 , será a retomada do protagonismResultado de imagem para Fernando bezerra e paulo Camarao de Pernambuco, perdido na atual gestão, tanto na economia quanto nas áreas sociais.

Perceba como mudou o tom de voz do senador,  para aquele a quem ele elogiava: “Pernambuco tem que ter voz ativa. Pernambuco é um líder natural do Nordeste. Para recuperarmos esta liderança precisamos de um novo jeito de governar, com entusiasmo, ânimo e firmeza. Acho que se esgotou um ciclo, declarou o senador. Pernambuco está em câmera lenta, com uma velocidade muito menor que os pernambucanos gostariam”, desabafou.

E continuou… “Precisamos de um governador com ânimo, que seja maior que a crise. Quando olhamos para este governo, vemos que ele não deixou nenhuma marca“, disse. Ele acredita que o sentimento de mudança está consolidado entre as pessoas, que desejam recuperar a autoestima.

Fechando a conversa

O senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB), é um ser que merece ser estudado  profundamente. Até pouco tempo atrás,para quem não lembra, o cacique do Clâ da família dos Coelhos, foi um dos principais defensores do governo de Pernambuco.  Agora, que quer o lugar de Câmara, Fernando se traveste de algoz  e usa seu machado para cortar  sem dó e sem piedade, qualquer um que atravessar seu caminho rumo ao Palácio dos Campo das Princesas. (Do blog A Língua)

Deixe uma resposta