Corpo da ex-deputada Isabel Cristina é sepultado em Petrolina, no Sertão

Foi sepultado nesta quinta-feira (23), no Cemitério Campos das Flores, Zona Central de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, o corpo da ex-deputada Isabel Cristina, que faleceu nesta quarta-feira (22) após sofrer duas paradas cardíacas. O enterro foi seguido por centenas de pessoas até chegar ao cemitério.

O velório da ex-deputada começou ainda na quarta-feira (22) e lotou a Câmara de Vereadores de Petrolina. O senador por Pernambuco, Humberto Costa esteve presente. “Sem dúvida para nós é uma perda irreparável. Era uma militante insubstituível. Nós perdemos muito, mais ao mesmo tempo ficamos com um legado de uma vida que foi dedicada a luta pelos mais pobres, mais humildes. Uma pessoa que caracterizou toda sua história pela lealdade, pela solidariedade. Então, perde a vida de uma pessoa, mais ganhamos uma história, um legado muito importante”, disse.

Emocionada, a vereadora Cristina Costa ressaltou que Isabel Cristina era um exemplo. “Era minha referência como política. Era minha sustentação, me dava orgulho para vivenciar a política e viver para ela. Cristina demonstrava que tinha políticos honestos, pessoas que trabalhavam não para si, era pela coletividade. A família nesse momento sente muito. É uma dor muito grande”, lamentou.

A professora Alderiva Oliveira também foi se despedir de Cristina. “É um momento de muita tristeza. Para minha classe, de professores do Estado, estamos órfãos, porque ela foi uma grande guerreira e batalhou muito por nossa classe. Eu vi de perto a luta dela. Estive muito atenta a tudo porque ela merece todas as homenagens”, lembrou.

Antes de iniciar o sepultamento, foi realizada a Missa de Corpo Presente, ainda no Plenário da Câmara de Vereadores Plínio Amorim. O corpo de Isabel Cristina deixou o local em um caminhão do Corpo de Bombeiros.

O sepultamento foi seguido por familiares, amigos, autoridades políticas e admiradores que acompanharam o cortejo, seguindo por ruas e avenidas da cidade até o cemitério Campo das Flores.

Isabel Cristina estava internada desde o dia 10 de Junho em um hospital particular da cidade. Após a realização de duas cirurgias, a equipe médica que acompanhava a ex-deputada optou por deixar a paciente em coma induzido. A morte foi confirmada às 7h20 desta quarta-feira  (22).

Internação
De acordo com o médico neurologista José Carlos Moura, que acompanhava Isabel Cristina, a paciente deu entrada no hospital no dia 10 de junho, com fortes dores de cabeça. Ao realizar o tratamento clínico foi verificado que Isabel estava com hipertensão intercraniana.

Na quarta-feira (15) foi realizada a primeira cirurgia. Ela estava com duas metástases no cérebro. Seis horas após a cirurgia ela teve um edema vasogênico, um inchaço no cérebro. Segundo José Carlos Moura, em casos com este tipo de edema, o quadro é quase sempre irreversível e a equipe médica optou por colocar a paciente em coma induzido. Na quinta-feira (16) foi feita uma craniectomia descompressiva, para tentar regredir o edema.

Na terça-feira (21), a ex-deputada  teve uma melhora e estava respondendo aos estímulos. Durante a madrugada desta quarta-feira (22) o quadro de saúde piorou e ela sofreu duas paradas cardíacas pela manhã. A morte foi confirmada às 7h20. Isabel Cristina lutava a mais de oito anos contra um câncer de mama.

O velório será na Câmara de Vereadores de Petrolina, a partir das 14h. O sepultamento acontece nesta quinta-feira (23), às 10h no cemitério Campo das Flores, no Centro da cidade.

Isabel Cristina
Isabel Cristina de Oliveira tinha 62 anos e era natural de Araçatuba-SP. Ela faria aniversário na próxima quarta-feira (29). Isabel era professora de Física, aposentada pela Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco. Foi superintendente regional da Codevasf de 4 de setembro de 2003 a 23 de agosto de 2006. Na última eleição, em 2014 Isabel Cristina foi candidata a Senadora 1º Suplente de Pernambuco pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Isabel foi vereadora em Petrolina por dois mandatos, de 93 a 96 e de 97 a 2000. Ela também foi vice-prefeita de Petrolina entre os anos de 2001 a 2003. De 2011 a 2013 exerceu o cargo de deputada estadual no Estado. Em 2015 voltou a assumir o cargo com a saída de Sebastião Oliveira, do PR, que foi chamado para ser Secretário de Transportes de Paulo Câmara. (G1 – Petrolina)

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta