Aero Cruz afirma que Lucas Ramos “não tem moral” para falar de oportunismo e projeto familiar

Em entrevista recente ao Blog do Britto, o deputado Lucas Ramos (PSB) fez duras críticas ao prefeito Miguel Coelho e ao senador Fernando Bezerra Coelho (MDB). Sobre o primeiro ano de mandato de Miguel, o parlamentar disse ter visto apenas “Carnaval e São João”. Também voltou a cutucar o senador FBC, ao afirmar que sua saída do PSB “foi oportunismo” em busca de “um projeto individual” (o Governo do Estado) e “familiar” (envolvendo apenas os Coelhos).

Em resposta às críticas, o vereador Aero Cruz (PSB) rebateu o deputado Lucas Ramos, afirmando que ele “não tem moral” para falar de projeto familiar. “O deputado não tem bem essa razão para falar em grupo familiar. Quando o ex-deputado Ranilson Ramos (pai de Lucas) saiu da Alepe e logo depois Eduardo Campos o colocou no Tribunal de Contas, ele [Ranilson] colocou logo o filho para ser deputado. Então, Lucas não tem moral para falar em questão familiar. Até porque todos os filhos de Fernando Bezerra estão dando conta e têm competência. Isso não é projeto familiar, eles têm competência”, disparou.

Aero também disse que Lucas está “querendo aparecer” ao criar um grupo de oposição ao senador em Petrolina e aproveitou para fazer um desafio ao deputado. “Ele está criando uma oposição a este grupo para se opor a Fernando Bezerra aqui na cidade. Agora, que ele seja justo. Na hora que o senador fizer, ele diga que fez, assim como Fernando Filho, mais votado no Sertão e por três vezes o campeão de emendas aqui para Petrolina. Agora, vamos perguntar a Lucas Ramos o que foi que ele trouxe”, provocou.

Carnaval e São João

Sobre as críticas ao Carnaval e ao São João, Aero disse que Lucas não viu que Miguel resgatou essas festas e ainda gastou muito menos. Ainda disse que o Governo do Estado estaria devendo à prefeitura. “Quando ele diz que o Governo Miguel Coelho só fez festa, não sabe o que está dizendo. Miguel resgatou o carnaval de Petrolina. Se falando do São João, por oito anos, tinham acabado o São João dos Bairros, Miguel resgatou e trouxe mais atrações com menos dinheiro. Ele esquece que esteve ausente na cidade, por isso não tem conhecimento de causa, nem sabe que o patrocínio de R$ 700 mil do Governo do Estado nunca chegou”, relatou.

O Governo do Novo Tempo está, sim, trabalhando. Sobre a questão da Escola Técnica, que ele se diz articulador, até hoje nada. Passou na Câmara de Vereadores e até agora não veio a equipe do Recife para fazer o projeto. O deputado está querendo aparecer agora, como o ‘pai’ de todas as crianças”, afirmou Aero, se referindo ao Batalhão Especializado Integrado de Policiamento (BIEsp). “Realmente, ele foi o relator do projeto de lei que criou o BIEsp, mas ele esqueceu de dizer à população que quem fez esse requerimento desse Batalhão foi Miguel Coelho. Quando ele fala em várias obras aqui na cidade, Miguel nunca citou isso”, disse Aero, destacando que Lucas quer ter participação no projeto da Praça da Juventude, “quando foi uma ação do deputado Gonzaga Patriota”.

Força no Sertão

Segundo o vereador Aero, o grupo de Fernando Bezerra foi quem conseguiu os votos necessários para eleger Paulo Câmara governador e, mesmo assim, o senador nunca teve força dentro do PSB. “O grupo do senador FBC nunca deixou de dizer que o senador sempre teve o sonho de ser governador de Pernambuco. O grupo do senador foi quem fechou o Sertão e elegeu Paulo Câmara. Lucas esquece que o senador não indicou nenhum do primeiro escalão [do governo estadual]. Ou seja, ele não foi visto dentro do governo como uma força. Agora que Fernando articulou todas as forças de oposição, eles estão achando que o senador está cuspindo no prato que comeu”, pontuou.

O vereador ainda disse que Lucas afirmou que o abastecimento d’água do Serrote do Urubu foi um investimento que ele trouxe. “Esse projeto veio a Petrolina através do Ministério da Integração quando o senador Fernando Bezerra era o ministro. Então, ele [Lucas] destinou apenas R$ 400 mil para terminar a obra”, assegura. Sobre a pretensão de Lucas em disputar uma vaga na Câmara Federal, Aero resumiu: “quem vai dizer é o povo. Se ele tiver com investimento aqui na nossa cidade, se ele estiver presente aqui na cidade… Ele não pode ser candidato apenas porque é amigo do governador. Se você tem serviço prestado, se você tem o que mostrar você pode galgar essa cadeira de deputado federal. Mas o tempo está chegando, para o povo mostrar”.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e pai de duas filhas lindas, Kassiane e Kauane. O foco principal do blog é informação com responsabilidade e coerência, doa a quem doer!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta