Prefeitura de Lagoa Grande beneficia 40 famílias com R$ 240.00 no Programa ‘Mães da Favela’

Preocupado com a situação que se encontra muitas famílias com a chegada da pandemia do novo Coronavirus, a  prefeitura de Lagoa Grande através da secretaria da Assistência buscou mais uma fonte extra de renda para dar um pouco de dignidade para estas famílias, a pasta conseguiu beneficiar 40 famílias com R$ 240.00 em Cartão Alimentação através do Programa ‘Mães da Favela’

O programa Mães da Favela é administrado pela secretaria municipal da Assistência Social em parceria com a secretaria de Desenvolvimento Social e Prevenção as Drogas do governo do Estado. As 40 mães que receberam o Cartão Alimentação no valor de R$ 240,00 (ref. dois meses), foram selecionadas por critérios técnicos da equipe do CRAS de vulnerabilidade familiar e social.

O programa Mães da Favela é uma maneira de ajudar as mulheres que dependem de um mínimo de recurso para colocar o que comer dentro suas casas. Além disso, fortalece também os pequenos comércios dos bairros onde elas fazem suas compras”, afirma Eliene Martins, secretária municipal da Assistência Social. “Muitas destas mães são ‘chefes’ de família, controlam o orçamento, cuidam das crianças e em alguns casos cuidam da saúde de um pai ou mãe, idoso, que mora em suas casas. Esta é uma excelente ação humanitária da CUFA em parceria com o governo do Estado e a Prefeitura de Lagoa Grande” acrescentou Eliene.

A secretaria da Assistência de Lagoa Grande continua na busca de mais incentivos para poder ampliar o numero de mães beneficiadas. Junto ao Cartão Alimentação, cada membro da família recebeu a doação de máscaras e orientações sobre etiqueta respiratória.

MÃES FAVELA 6

 

MÃES FAVELA 2

MÃES FAVELA 5

ASCOM – PMLG

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e tem como foco: informação com responsabilidade e coerência.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta