Indefinição no MDB de Pernambuco poderá isolar FBC

Sem a garantia do comando do MDB, que se arrasta na esfera judicial, Fernando Bezerra pode acabar mergulhado no isolamento. Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado vai mais longe. Armando parte na frente entre seus concorrentes da oposição. Tem o controle do PTB estadual e apoios de outras legendas e, em recente entrevista, o ex presidente Lula defendeu que o PT de Pernambuco pode abrir diálogo com o petebista. Isso deixa Armando em situação confortável, mas se aliando aos petistas provoca o afastamento de Fernando Bezerra, Mendonça Filho e Bruno Araújo, figuras que os petistas querem distância e não desejam aproximação.

Fernando Bezerra precisa abrir diálogo com outras legendas da oposição para tentar sair da gaveta. Pragmático, Mendonça Filho espera o prazo de deixar o Ministério da Educação para decidir seu futuro político, apenas acompanha a movimentação da oposição e do governador Paulo Câmara. Enquanto isso, o jogo segue indefinido.

Por Adelson Veras.

Everaldo

Licenciado em Física pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Professor de matemática e física do Ensino fundamental e médio da rede estadual de Pernambuco. Jornalista registrado sob o número 6829/PE, o blogueiro Everaldo é casado com Amanda Scarpitta e pai de duas filhas lindas, Kassiane e Kauane. O foco principal do blog é informação com responsabilidade e coerência, doa a quem doer!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta